Vista do Rio e do Engenho
Brasil,  Viagem & Turismo

Piracicaba: visitando um berço da cultura caipira paulista

Mulher olhando o rio da ponte
Vista privilegiada do Rio Piracicaba e do Engenho Central. Foto: Wilson Lima/ Embarque40Mais

A cidade de Piracicaba (SP), a apenas duas horas da capital, é um destino perfeito para um desses passeios de um dia, do tipo bate e volta. Foi o que fizemos recentemente.. E foi ótimo! Conhecida pela fartura de peixe, as deliciosas pamonhas e cachaças, Piracicaba transborda cultura com tanta energia quanto derrama suas águas sobre a terra vermelha o imponente Rio de mesmo nome que corta a cidade. Da simplicidade autêntica da cultura caipira à refinada arte dos trabalhos expostos em seu renomado Salão Internacional de Humor.

Vista do Rio Piracicaba
Mais uma vista do Rio Piracicaba, em trecho de águas calmas

Mas Piracicaba é uma velha conhecida minha. Na adolescência, já fui algumas vezes visitar familiares da amiga Suze, que ainda hoje me recebe em sua casa na cidade, com a mesma simpatia e graça comum aos piracicabanos. Coincidentemente, a encontrei nesse domingo, enquanto caminhava pela agradabilíssima Rua do Porto. Um encontro fortuito! Mas, o fato é que sempre há coisas legais para descobrir em “Pira”, como a chamam carinhosamente os moradores da região. Dessa vez, não foi diferente.

Cheiros e sabores do Mercado Municipal de Piracicaba

Mercado Municipal de Piracicaba fachada
Mercado Municipal de Piracicaba: estacionamento em frente

Chegamos à cidade perto das 11h e fomos direto ao Mercado Municipal, repleto de cheiros e sabores característicos. Vimos uma grande variedade de peixes, temperos, queijos, doces e as “deliciosas pamonhas de Piracicaba”. “Venha provar, minha senhora, é uma delícia! Pamonha, pamonha, pamonha. É o puro creme de milho verde”, era como anunciava o carro vendendo as iguarias pela rua da minha casa, na periferia de Campinas (SP), quando era criança. Se aquelas pamonhas eram mesmo de Piracicaba? Difícil saber.. rs.

Área interna do Mercado Municipal de Piracicaba
Os cheiros e sabores do Mercado Municipal de Piracicaba

Vale dizer que o Mercado Municipal de Piracicaba é um local agradável, limpo e tem estacionamento em frente, mas se não tiver vaga dá pra parar em uma das ruas próximas com Zona Azul. Saindo do Mercado, nos chamou atenção uma construção bonita e diferente, na esquina em frente, que depois soubemos que era a Catedral Metodista. Foi o primeiro templo evangélico construído na cidade, em 1928.

Templo Metodista de Piracicaba. Mulher passar em frente, carro estacionado.
Catedral Metodista de Piracicaba: construção de 1928

A poucos quarteirões também está o Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes, erguido em 1870, que foi residência do primeiro presidente civil do Brasil, Prudente de Moraes (1870-1902). Fomos até o local, mas infelizmente não pudemos entrar, pois não abre aos domingos. E no Roteiro Cultural, que baixamos do site da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semactur), a informação era de que funcionaria das 12h às 16h (bora atualizar esse roteiro, pessoal!).

Então, a dica é fazer esse bate e volta em um sábado, se quiser visitar este e alguns outros prédios históricos e museus da cidade. E ligue antes pra confirmar..

Caminhada pela Rua do Porto

Rua do Porto, em Piracicaba
Caminhada agradável pela Rua do Porto, em Piracicaba (SP)

Com o Sol à pino e a fome batendo, fomos para a Rua do Porto, onde ainda passeamos a pé por quase toda a sua extensão até, finalmente, almoçarmos em um dos tradicionais restaurantes à beira rio que servem peixes grelhados. O cheiro que se espalha pela rua é tentador! Não vou indicar o restaurante que comemos porque, embora o atendimento e o ambiente tenham sido muito bons, o peixe estava ressecado, certamente por ter ficado muito tempo na grelha. A dica é: vá até o churrasqueiro, converse e escolha o melhor peixe.

Casarão do Turismo, em Piracicaba
Fachada do Casarão do Turismo, na Rua do Porto, em Piracicaba

A caminhada pelo calçadão da Rua do Porto é muito agradável! Em alguns momentos, tive a impressão de estar por uma cidade europeia. Além da beleza do Rio Piracicaba e da vegetação que o cerca, os espaços são limpos, arborizados e organizados. Tem uma feira de artesanato local, bem variada, mas observei bastante coisa em metal e couro, de bijuterias a bolsas e calçados. No caminho de volta, paramos no Casarão do Turismo, uma construção do século 19, destinada a recepcionar os visitantes da cidade.

Cartuns de Mandela 

Cartum Nelson Mandela
Cartum de Krzysztof Grzondziel (Polônia), mostra Prêmio Nobel da Paz atrás das grades

No Casarão estavam expostos alguns cartuns inspirados em Nelson Mandela, sul-africano que liderou o movimento contra o apartheid (regime de segregação racial em vigor na África do Sul de 1948 a 1992), o que o levou à prisão por 28 anos. Libertado, foi presidente do seu país e recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Falecido em 2013. A seleção de cartuns de Mandela era relacionada ao 45º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, que espalhou arte pela cidade e até mesmo em outras localidades, como estações de metrô na capital São Paulo.

No 45º Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Construção Engenho Central
Uma das belas construções do Engenho Central

A maior parte do conteúdo do Salão foi exposta no Engenho Central, como de costume. E foi pra lá que seguimos para conferir as produções selecionadas neste ano. As construções do Engenho, que datam de 1881, são muito bonitas! No local funcionou um dos mais importantes engenhos de açúcar e álcool do País. Desde 1974 é patrimônio histórico da cidade. No Salão, nossa.., vimos muita coisa boa! Desenhos com um humor crítico refinadíssimo. Acho que foi quase uma hora só pra conferir a mostra principal..

Desenho de um teclado de computador, com soldadinhos em guerra
Guerra virtual? Vencedor na Categoria Charge, de Spiro Radulovic, da Sérvia

O Salão Internacional de Humor de Piracicaba é um evento reconhecido no mundo todo, que reúne trabalhos de artistas de diversos países. O maior vencedor deste ano é o caricaturista e escultor brasileiro Luiz Carlos Fernandes, que levou o Grande Prêmio Zélio de Ouro com uma escultura tridimensional do pintor Pablo Picasso (1881-1973). Mas um dos trabalhos que mais me chamou atenção foi o vencedor na Categoria Charge, de Spiro Radulovic, da Sérvia, pela atualidade e mensagem. 

Desenhos na parede e moça sentada em cadeira
Mostra Paralela Roda Viva, no 45 Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Uma das mostras paralelas foi de charges de entrevistados do programa Roda Viva, da TV Cultura de São Paulo, com direito ao visitante sentar na cadeira giratória pra fazer a foto.. rs. O domingo da nossa visita (14 de Outubro) foi o último dia da exposição. Nós demos a dica na Agenda Cultural de Setembro.. Agora, só em 2019. Confira no site oficial do evento mais sobre os trabalhos premiados!

No Elevador Turístico Alto do Mirante

Vista do Mirante no Rio Piracicaba
Vista do Rio Piracicaba acima, a partir do Elevador Alto do Mirante

Saindo do Engenho, mais uma boa caminhada até o Elevador Turístico Alto do Mirante, de onde vimos rapidamente o que chamam de “salto do Rio Piracicaba”. E parece mesmo um salto ou um grande degrau. Deve ser muito bacana assistir dali a Piracema, no período de chuvas (outubro a fevereiro), quando os peixes nadam contra a correnteza, subindo até a cabeceira do rio para a desova e fecundação.

Vista do Salto do Rio Piracicaba do Mirante
Do mirante, na direção oposta: Vista do Salto do Rio Piracicaba

Aliás, daí vem o nome da cidade. Em Tupi-Guarany, Piracicaba significa “lugar onde o peixe para”. Desse mirante tem-se uma vista panorâmica da cidade, mas não tivemos tempo de observar bem. Como disse, vimos rapidinho porque o local estava fechando. Embora no site da Secretaria Municipal conste o funcionamento até as 18h, chegamos às 17h25 e só pudemos ficar por uns 3 minutos pra não perder a última descida do elevador.

Piracicaba inspirou sucessos da música caipira 

Casal à beira do Rio Piracicaba
Jovens contemplam natureza exuberante à beira do Rio Piracicaba

Mas isso não diminui a delícia que foi esse passeio de domingo na bela cidade de “Piracicaba, que eu adoro tanto, cheia de flores, cheia de encanto..”. Pudemos admirar de vários ângulos “o rio.. de Piracicaba.. vai jogar água pra fora.. quando chegar a água.. dos olhos de alguém que chora..”. Uma cidade, um rio, em música e verso, tão bem descritos pelas duplas Tonico e Tinoco (Piracicaba) e Tião Carreiro & Pardinho (Rio de Lágrimas) e tantos outros intérpretes da nossa música caipira, a exemplo do vídeo a seguir!

Inezita Barroso e Orquestra Fervorosa interpretam Rio de Lágrimas

Taí, uma bela execução desse clássico da música caipira, hein! Inezita Barroso e Orquestra Fervorosa interpretando “Rio de Lágrimas”, no programa Viola Minha Viola. Vídeo publicado no canal da TV Cultura de São Paulo no YouTube, em 8 de agosto de 2011. Salve Inezita! A seguir, mais fotos desse dia de domingo nessa cidade tão interessante do interior de São Paulo. 

Mais fotos do passeio em Piracicaba

Sobre os pontos turísticos visitados

Mercado Municipal de Piracicaba

ONDE: Praça Alfredo Cardoso (Rua Governador Pedro de Toledo, 1336, Centro). QUANDO: segunda a sexta-feira, das 6h às 17h30; aos sábados, das 6h às 13h; e aos domingos, das 6h às 12h. MAIS INFORMAÇÕES: (19) 3433-5215. 

Casarão do Turismo  “Paulo Fioravante Sampaio”

ONDE: Rua do Porto, 1433. QUANDO: aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. MAIS INFORMAÇÕES: (19) 3403-1270 / 3422-5115. 

Parque do Engenho Central “Barão de Rezende”

ONDE: Av. Maurice Allain, 454. QUANDO: Diariamente das 6h às 22h.
MAIS INFORMAÇÕES: (19) 3403-2600.

OBS.: é onde ocorre o Salão Internacional de Humor de Piracicaba e outros eventos culturais, como a encenação da Paixão de Cristo. Também é sede da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. 

Elevador Turístico “Alto do Mirante”

ONDE: Av. Beira Rio, s/nº. QUANDO: aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18hs. Entrada Gratuita. MAIS ONFORMAÇÕES: 55 (19) 3403-1270. OBS.: Lembre-se que chegamos às 17h25 e quase não entramos. 

  • OBS.: Em todos os locais que visitamos neste dia o acesso foi livre, não havia cobrança de ingresso. 

Gostou do post? Então apoie o Embarque40Mais, comentando e compartilhando com seus amigos e nos seguindo nas redes sociais. Se estiver planejando viajar, você também pode nos ajudar utilizando as nossas Dicas de Serviços de Viagem. É prático, seguro, você não paga a mais por isso e ainda pode obter descontos.. Espia!

Referências 

  • Autoria das músicas mencionadas: Piracicaba (Newton Mello); Rio de Lágrimas (Lourival dos Santos e Tião Carreiro & Piraci). 
  • Com informações obtidas nos sites da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Piracicaba e do Brasil Escola, em 21/10/2018. 

Autora do embarque40mais.com. Uma jornalista, do interior de São Paulo-BR, que adora conhecer lugares, culturas, ter novas experiências e contar boas histórias.

14 Comentários

Adoraríamos saber sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: