Atrações culturais gratuitas disponíveis via internet nessa quarentena vão desde shows ao vivo, com grandes nomes da MPB, a documentários e exposições de arte. Então, confira as dicas e aproveite!

Graças à tecnologia, o isolamento social não precisa ser sinônimo de tédio e solidão. Portanto, da segurança e conforto de nossas casas podemos ter acesso a um grande leque de atividades culturais, que vão de shows musicais ao vivo a documentários e exposições de arte. Apesar da distância, nesses eventos online também é possível interagir, com outros expectadores e às vezes com o artista também. Além disso, quase sempre o acesso a essas atividades é gratuito.

Um bom exemplo é a iniciativa do Sesc São Paulo, que desde o dia 19 de Abril vem oferecendo gratuitamente live shows musicais. Então, os shows são transmitidos ao vivo pelos canais do Sesc SP no YouTube, Instagram (@sescaovivo) e Facebook (@sescsp). E são shows de grandes nomes da música brasileira, como Zeca Baleiro, Paulo Miklos, João Bosco, Zélia Duncan, Rael, Mônica Salmaso e Teco Cardoso. Veja a agenda a seguir!

✈️Quer auxílio profissional para planejar sua próxima viagem? Pode contar com a consultoria personalizada da Embarque40Mais Viagens, a agência do blog. Desde a escolha do destino, hospedagem, passagens aéreas e passeios, até um roteiro exclusivo! ☎️(19) 988.380.781. WhatsApp: https://wa.me/5519988380781. [email protected] Cadastur: 29.325.163/0001-26.

Live shows do Sesc são atrações culturais gratuitas

Live show de Rael na terça (28 de Abril)
O rapper Rael é atração de terça (28/04) do Sesc SP

Na agenda de 27 a 30 de Abril, as apresentações do Sesc são de Hamilton de Holanda e Mestrinho (27/04), do rapper Rael (28/04), Mônica Salmaso e Teco Cardoso (29/04) e Davi Moraes e Pedro Baby (30/04). O casal Mônica e Teco apresenta combinações, arranjos e obras que costumam encantar o público. Já a dupla Davi e Pedro traz músicas autorais, com influências do Choro, Samba e Bossa Nova.

Até a publicação desse post, a programação das próximas semanas não tinha sido disponibilizada, mas você pode se atualizar pelas redes sociais e pelo Portal do Sesc SP. Os shows começam sempre às 19h, com duração de 40 minutos a uma hora. O primeiro show, do Zeca Baleiro (19/04), teve mais de 128 mil visualizações.

Eu assisti ao show do Paulo Miklos (foto destacada), na sexta, e gostei muito! Embora assistir uma atração cultural na internet não tenha aquela energia do show presencial, a simplicidade de ver os músicos em seus espaços, quase sempre suas casas, dá um caráter intimista. Pois é, em alguns momentos, podemos ter a sensação de que estamos a ter um show exclusivo! Rs.

Atrações culturais gratuitas online têm caráter intimista
Mônica Salmaso e Teco fazem arranjos encantadores. Foto: Claus Lehmann

Muito mais atrações culturais gratuitas no Sesc Digital

Além dos shows ao vivo, o Sesc também disponibiliza gratuitamente grande variedade de conteúdo cultural no portal Sesc Digital! Na categoria Teatro, por exemplo, a gente pode ver trechos de espetáculos, publicações e podcasts. Mas tem mais um tanto de coisa boa, como documentários na íntegra e exposições de artes visuais, a exemplo de Gente do Benim- Gente do Brasil, da coleção de fotografias do Tropenmuseum, de Amsterdam.

Para interagir: Obras do @masp inspiram desenhos

pintura de menino com chapéu e blusa azul
“O escolar”, de Van Gogh (1888), inspira desenhos via Instagram

O Instagram é a rede social escolhida pelo MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand) para interagir com o público nessa quarentena. Assim, todas as segundas-feiras, a partir de 27/4, o @masp indica uma obra do seu acervo para servir de inspiração para crianças e adultos desenharem. Contudo, quem quiser participar do desafio, deverá publicar seus desenhos no Instagram marcando o perfil @masp e usando #maspemcasa.

Então, aos domingos, o museu publicará alguns desenhos selecionados em seu Instagram e os autores receberão um vale Amigo MASP grátis. Pois a primeira obra escolhida para inspirar é “O escolar” (1888), de Vincent Van Gogh. Essa pintura foi restaurada entre 2018 e 2019, no Museu Van Gogh, em Amsterdã, com recursos da campanha de doação de imposto de renda do MASP.

Também pelo Instagram do @masp, seguidores podem acompanhar lives de conversas entre curadores do museu e convidados. Contudo, se quiser dar uma espiadinha no acervo permanente do MASP e outros museus, siga nossas dicas de museus brasileiros para conhecer sem sair de casa.

Atrações culturais gratuitas na internet: exposições do IMS

Vídeo de montagem da exposição de Paz Errázuriz

Entre outras atrações culturais gratuitas na internet, destaco os vídeos disponibilizados pelo Instituto Moreira Salles (IMS), sobre algumas de suas belas exposições fotográficas. Uma delas é a inédita mostra da chilena Paz Errázuriz (Santiago, 1944), que teve de ser adiada devido à pandemia de Covid-19.

Infelizmente, ainda não há previsão de abertura da exposição, mas é possível dar uma boa olhada no trabalho da fotógrafa assistindo ao vídeo de Maria Clara Villas (acima), que registra todo o processo de montagem da exposição. Paz Errázuriz começou sua carreira autodidata durante os anos 1970, quando se instaurava no Chile a ditadura militar de Pinochet. 

Além disso, achei interessante saber que a base do processo criativo dela é a convivência e respeito mútuos com os fotografados. Pois que nesta primeira grande retrospectiva da artista, vemos, quase sempre em preto e branco, pessoas em hospitais psiquiátricos, travestis, prostitutas, pessoas em situação de rua, entre outros.

Referências:

Texto redigido e editado pela jornalista Michele da Costa, com informações das assessorias de imprensa e disponíveis nos sites das instituições mencionadas em 27 de Abril de 2020.