AuthorMichele da Costa

Agenda SP Julho 2019 | atrações culturais gratuitas e especiais

A Agenda SP com as dicas mais especiais de Julho em São Paulo! Atrações culturais gratuitas em SP ou a precinhos, como shows, teatro, dança e exposições.

Bem-vindo ou bem-vinda à Agenda Cultural SP do Embarque40Mais! Aqui você vai encontrar aquelas dicas bacanas de eventos culturais para aproveitar seu tempo livre em Julho. Confira, programe-se e divirta-se com shows de música, teatro, dança e exposições em São Paulo. Nesta edição, sugestões também em Campinas, Santo André, Sorocaba e Santos.

O que fazer em São Paulo em Julho de 2019

São Paulo é uma cidade de muitas possibilidades! São tantas opções de eventos culturais que muitas vezes fica difícil escolher, não é? Então, garimpamos algumas dicas especiais para você não perder tempo. Desce o rato!

Banda Tutti-Frutti celebra 45 anos em Santo André – 05/07

Tutti-Frutti faz show para comemorar 45 anos do grupo
Banda Tutti-Frutti relembra sucessos do disco “Fruto Proibido”

A banda Tutti-Frutti faz show em comemoração aos 45 anos do grupo, conhecido como um dos pilares do rock nacional a partir dos anos 1970. Para celebrar essa data histórica, a banda toca na íntegra o disco mais premiado de sua carreira, “Fruto Proibido”. Gravado em 1982 com a cantora e compositora Rita Lee, o álbum reúne hits como “Agora só falta você”, “Cartão Postal”, “Ovelha Negra”, “Luz del Fuego” e “Pirataria”. Delícia de show que a gente fez questão de destacar na nossa Agenda SP!

  • ONDE: Teatro do Sesc Santo André, à Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar, Santo André-SP.
  • QUANDO: Dia 5 de julho, sexta-feira, às 21h.
  • QUANTO CUSTA: Ingressos por R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia-entrada) e R$ 6,00 ( Credencial Plena do Sesc). Recomendação etária: 12 anos.
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 4469-1311.

Riachão faz show com Martinho da Vila em Sampa – 18 e 19/07

Vídeo de Riachão no canal do programa Sr. Brasil no YouTube

Aos 97 anos, o sambista baiano Riachão se apresenta em Sampa, ao lado de Martinho da Vila, com o show “Se deus quiser vou chegar aos 100”. A carreira desse mestre do samba começa na década de 1930. Ele teve suas canções gravadas por muitos artistas brasileiros, como Jackson do Pandeiro, Jamelão, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Dona Ivone Lara e Beth Carvalho. Dica de show super especial da Agenda SP de Julho do Embarque40Mais. Viva Riachão!

  • ONDE: Sesc Pompeia, à Rua Clélia, 93, Pompeia, São Paulo-SP.
  • QUANDO: Dias 18 e 19 de julho de 2019. Quinta e sexta-feira, às 21h.
  • QUANTO CUSTA: Ingressos: R$9 (credencial plena Sesc), R$15 (meia) e R$30 (inteira).
  • MAIS INFORMAÇÕES (e ingressos antecipados): No site do Sesc Pompeia.

O Festival de Inverno de Campos do Jordão, de 29/06 a 28/07, está repleto de ótimas apresentações musicais, a maioria gratuita. Saiba mais e confira a programação em notícia especial sobre o evento!

“O nome das coisas” homenageia poetisa portuguesa – 05/07 a 05/08

Agenda Cultural SP: Suia Legaspe interpreta poetisa portuguesa em "O nome das coisas"
Peça é inspirada na obra da poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen

Em mais uma madrugada silenciosa, Sophia relembra fatos marcantes de sua vida, como a amizade com os poetas brasileiros Murilo Mendes, Cecília Meirelles e, em especial, João Cabral de Melo ou sua participação política na resistência à ditadura de Salazar, enquanto ouve e dá vida a personagens e poemas que compõem sua obra. Protagonizado pela atriz Suia Legaspe, o espetáculo “O Nome das Coisas” é inspirado em contos, poemas e reflexões da poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen, a primeira mulher a receber o Prêmio Camões de Literatura.

  • ONDE: SP Escola de Teatro (Sala R1), à Praça Roosevelt, 210, Centro de São Paulo-SP.
  • QUANDO: Temporada: de 5 de Julho a 5 de Agosto Às sextas, aos sábados e às segundas, às 21h; e aos domingos, às 19h*.
  • QUANTO CUSTA: Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada). Classificação: 12 anos. Duração: 60 minutos Capacidade: 60 lugares. 
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3775-8600.

“Homem bomba” na Oficina Cultural Oswald de Andrade – 10 a 27/07

Em um mundo desigual, cada vez mais parecido com um grande abatedouro, um homem quer compreender seus vários “eus” com métodos nada convencionais. Texto de Cynthia Paulino, livremente inspirado no clássico “O médico e o monstro”, título original “O Estranho Caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde”, de Robert Louis Stevenson. Direção, trilha sonora e atuação de Luiz Arthur, da Cia Teatro Adulto. Dica de teatro gratuito da Agenda Cultural SP!

  • ONDE: Oficina Cultural Oswald de Andrade, à Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, São Paulo-SP.
  • QUANDO: 10 a 27 de julho. De quarta a sexta-feira, às 20h; e aos sábados, às 16h.
  • QUANTO CUSTA: Atração cultural gratuita em SP! Ingressos distribuídos uma hora antes da sessão. Classificação: 12 anos.
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3222-2662.

Mel Lisboa interpreta “Hedda Gabler” – até 28/07: Agenda Cultural SP

Super dica de evento cultural em São Paulo: Hedda, com Mel Lisboa
“Hedda” propõe reflexão sobre papel da mulher na sociedade

Escrita em 1891, Hedda Gabler, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906), cria uma reflexão atemporal sobre o papel da mulher na sociedade. A peça ganha uma nova montagem traduzida por Leonardo Pinto Silva, com direção de Márcio Macena. O elenco conta com Mel Lisboa, Samuel de Assis, Dudu Pelizzari, Rafael Maia, Carol Carreiro e Yael Pecarovich. Uma das dicas mais interessantes de teatro em SP!

  • ONDE: Espaço Parlapatões – Praça Franklin Roosevelt, 158, Consolação, São Paulo-SP.
  • QUANDO: 14 de junho a 28 de julho, às sextas e aos Sábados, às 21h; e aos domingos, às 20h.
  • QUANTO CUSTA: R$50 (inteira), R$25 (meia-entrada). Classificação: 14 anos.

“O Aniversário de Jean Lucca” de Dan Nakagawa – até 14/07

Terceiro espetáculo do compositor e dramaturgo Dan Nakagawa. A peça teatral narra os preparativos de uma festa organizada pela babá para comemorar o aniversário do menino Jean Lucca. Jean é filho único de um casal que mora em um luxuoso condomínio nos arredores de São Paulo. Essa criança nunca é vista na peça e sobre ela pouco se sabe, por isso, sua presença se faz pela constante ausência.

  • ONDE: Teatro Sérgio Cardoso – Sala Paschoal Carlos Magno – Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista, São Paulo-SP.
  • QUANDO: 22 de junho a 14 de julho, Sábados (19h), domingos (20h) e segundas (20h).
  • QUANTO CUSTA: R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada, inclusive para moradores do Bixiga). Classificação etária: 12 anos.
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3288-0136.

“As cangaceiras- Guerreiras do Sertão” – até 04/08: Agenda Cultural SP Julho

O espetáculo musical “As Cangaceiras- Guerreiras do Sertão” conta a história de um grupo de mulheres que se rebelam contra a opressão no Cangaço. A montagem propõe reflexões sobre o conceito de justiça social que o Cangaço representava, as forças do feminino nesse espaço de libertação e a ideia de cidadania e heroísmo. Com grande elenco, entre os quais Amanda Acosta, Marco França e Vera Zimmermann. Evento cultural gratuito em São Paulo!

  • ONDE: Teatro do Sesi-SP, à Av. Paulista, 1313 (em frente à estação Trianon-Masp do Metrô).
  • QUANDO: Até 04/08, quinta-feira a sábado, às 20h; domingo, às 19h.
  • QUANTO CUSTA: Atração cultural gratuita em SP, mediante reservas antecipadas pelo site do Centro Cultural Fiesp. Ingressos remanescentes distribuídos no dia da apresentação, 15 minutos antes, na bilheteria do Teatro. Classificação indicativa: 12 anos.

Museu Afro celebra 40 anos de álbum de Clementina de Jesus – 20/07

Homenagem aos 40 anos do disco "Clementina de Jesus e Convidados" é destaque da Agenda Cultural SP de Junho
Capa do disco “Clementina de Jesus e Convidados”, de 1979

O Museu Afro Brasil, em parceria com o Instituto Elifas Andreato, promove o encontro “Clementina de Jesus”, que homenageia os 40 anos do álbum “Clementina de Jesus e Convidados” e a emblemática capa do disco produzida pelo artista Elifas Andreato. O encontro reunirá o próprio Elifas Andreato, os músicos Martinho da Vila e Rappin Hood, o poeta e compositor Hermínio Bello, a jornalista, pesquisadora e biógrafa de Clementina de Jesus, Janaína Marquesini. A ocasião marcará também o início da exposição da obra original utilizada na capa do disco. Mais uma dica gratuita e especial da nossa Agenda SP de Julho!

  • ONDE: Teatro Ruth de Souza, no Museu Afro Brasil, à Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque Ibirapuera – Portão 10, São Paulo.
  • QUANDO: 20 de Julho, sábado, às 15h.
  • QUANTO CUSTA: Gratuito.
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3320.8900 e no site do Museu.

Têxteis andinos em exposição no MASP – até 14/07: eventos culturais SP

Tecidos confeccionados por mulheres andinas entre 800 a.C. e 1532 d.C. compõem exposição “Comodato Landmann – Têxteis pré-colombianos”, no MASP (Museu de Arte de São Paulo). As obras expressam concepções sobre o tempo e o espaço, a criação do mundo, o cosmo e a morte.  Mostra organizada pela arqueóloga e historiadora Marcia Acuri, curadora-adjunta de Arte Pré-Colombiana do MASP.

  • ONDE: 2° subsolo do MASP, à Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP.
  • QUANDO: 14 de junho a 28 de julho de 2019. De quarta a domingo, das 10h às 18h; às terças-feiras, das 10h às 20h. Bilheteria aberta até meia hora antes do fechamento.
  • QUANTO CUSTA: R$ 40 (entrada); R$ 20 (meia-entrada).
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3149-5959.

No MASP, aproveite para ver também a exposição “Tarsila Popular”, até dia 28 de Julho!

História das mulheres no futebol – até 20/10: Agenda SP Julho 2019

Exposição no Museu do Futebol, em São Paulo
Objetos contam história do futebol feminino no Brasil

O Museu do Futebol exibe a exposição “CONTRA-ATAQUE! As Mulheres do Futebol”. Patrocinada pelo Itaú por meio da lei federal de incentivo à cultura, a exposição temporária relata as conquistas femininas no esporte e inspira o público a valorizar essa história. A mostra tem vídeos, fotografias, objetos dos acervos pessoais de atletas e um panorama com fatos que vão desde antes da proibição da prática do futebol pelas mulheres, que vigorou por várias décadas do século 20, até os dias atuais.

  • ONDE: Museu do Futebol – Praça Charles Miller, s/nº, São Paulo, SP.
  • QUANDO: 28/05 a 20/10/2019 – Terça a domingo, 9h às 17h (visitação até as 18h).
  •  QUANTO CUSTA: R$ 15 | Clientes Itaú: R$ 7,50 | Meia-entrada: R$ 7,50. Entrada gratuita às terças-feiras e nos dias 06 e 07/07, semifinal e final da Copa do Mundo de Futebol Feminino, na França.
  • OBSERVAÇÕES: Horários diferenciados de funcionamento em dias de jogos no Estádio do Pacaembu: consulte o site do Museu do Futebol. Estacionamento com Zona Azul (R$ 5,00 válido por 3h).

Obras de fotógrafo chileno no IMS – até 26/08

Retrospectiva do trabalho do fotógrafo chileno Sergio Larrain (1931-2012), organizada pela curadora francesa Agnès Sire. Mostra inclui todas as fases da sua produção: o começo fotografando crianças de rua em Santiago, a série de viagens profissionais, o trabalho como correspondente internacional, membro da agência Magnum, o olhar amadurecido de volta à terra natal, até sua precoce retirada, quando decidiu viver no isolamento e meditação. Outra exposição gratuita destacada na Agenda SP de Julho.

  • ONDE: Galeria 3 do Instituto Moreira Salles (IMS Paulista), à Avenida Paulista, 2424, São Paulo-SP.
  • QUANDO: Até 26/08/2019, de terça a domingo e feriados (exceto segundas), das 10h às 20h. Nas quintas (exceto feriados), até as 22h.
  • QUANTO CUSTA: Atração cultural gratuita em SP!
  • MAIS INFORMAÇÕES: No site do IMS.

Instalações abordam patrimônio histórico – até 01/09

Giselle Beiguelman expõe “Chacina da Luz” e “Monumento Nenhum” no Solar da Marquesa de Santos e no Beco do Pinto, respectivamente. As obras discutem a perda da memória no espaço público e a relação da cidade com seu patrimônio histórico e cultural. Compostas por fragmentos de monumentos, reproduzem a situação das peças como foram encontradas pela artista em depósitos públicos.

  • ONDE: Solar da Marquesa de Santos e Beco do Pinto, no Museu da Cidade. Rua Roberto Simonsen, 136, Centro, São Paulo.
  • QUANDO: 05/05 a 01/09/2019, terça-feira a domingo, das 10h às 17h.
  • QUANTO CUSTA: Atração cultural gratuita em SP!
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3105.6118 e no site do Museu da Cidade de São Paulo.

Eustáquio Neves expõe no Museu Afro – até 01/09

“Aberto pela aduana – Livro de Artista de Eustáquio Neves” é a primeira exposição individual do premiado fotógrafo e artista multimídia mineiro, em São Paulo, desde 2015. Segundo Eustáquio, o nome “Aberto pela Aduana” foi escolhido para estimular a discussão sobre as múltiplas violações do corpo negro, desde o tráfego negreiro até os dias atuais.

  • ONDE: Museu Afro Brasil, à Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque Ibirapuera – Portão 10, São Paulo.
  • QUANDO: 07/05 a 1°/09. De terça-feira a domingo, das 10h às 18h, com entrada até às 17h. 
  • QUANTO CUSTA: R$ 6,00, R$ 3,00 (meia entrada). Gratuito aos sábados.
  • MAIS INFORMAÇÕES: (11) 3320.8900 e no site do Museu.

Quer auxílio profissional para planejar sua viagem? Pode contar com os serviços da agência Embarque40Mais Viagens, que oferece uma consultoria personalizada. Desde a escolha do destino, passando pelas reservas de hospedagem, passagens aéreas e passeios, até a elaboração de um roteiro exclusivo! Contatos: [email protected] ou (19) 988.380.781.

Agenda SP: o que fazer em Campinas, Sorocaba e Santos

O interior e o litoral de São Paulo também tem muitas belezas e boas opções de eventos culturais. A seguir, destacamos alguns especialmente para os leitores do Embarque40Mais!

Exposição “Matriarcas” na Estação Cultura de Campinas – 05/07 a 04/08

Mostra fotográfica "Matriarcas" em Campinas: agenda cultural sp de Julho
Exposição retrata memórias, saberes e a herança cultural feminina. Foto: Fabiana Ribeiro

Um retrato das memórias, saberes, fazeres e a herança cultural feminina: “Matriarcas- Retratos das Mulheres nas Culturas Populares e Tradicionais Paulista”, da documentarista Fabiana Ribeiro, em Campinas. A mostra reúne vários elementos simbólicos do universo feminino e da cultura popular. Em fotografias, livro e audiovisual. As fotos são acompanhadas de textos que remetem à trajetória dessas mulheres.

  • ONDE: Estação Cultura, na Praça Marechal Floriano, s/n, Centro. Campinas (SP).
  • QUANDO: De 05 de julho a  4 de agosto. Abertura: 5 de julho, às 19h; visitação:  segunda a domingo, das 9h às 21h.
  • QUANTO CUSTA: Atração cultural gratuita em SP!

Mandrágora faz show em Campinas – 17/07: agenda SP

Mandrágora faz show no Sesc Campinas: Agenda Cultural SP
Dupla de violonistas Daniel Sarkis e Jorge Brasil foi formada em Brasília

Show da dupla de violonistas “Mandrágora”, com Daniel Sarkis e Jorge Brasil, formada em Brasília, em 1999. Mistura vários estilos e influências, como as músicas instrumental moderna, latina e world music, com técnica apurada em violões de 6 e 12 cordas.

  • ONDE: Teatro do Sesc Campinas, à Rua Dom José I, 270/333, Bairro Bonfim, Campinas-SP.
  • QUANDO: 17/07, quinta, às 20h30.
  • QUANTO CUSTA: R$ 17 (inteira), R$ 8,50 (meia) e R$ 5 (credencial plena Sesc).

Arte contemporânea em prédio histórico de Campinas – até 12/07

O Museu da Cidade, na antiga fábrica Lidgerwood, expõe a mostra coletiva “Haja hoje para tanto ontem”, com obras de arte contemporânea de sete artistas visuais da cidade, alunos de Marcelo Moscheta. A proposta é valorizar o espaço do museu, trazendo um olhar atento à condição histórica e patrimonial da arquitetura e sua relação com a cidade e seus fluxos. Com a participação de Ana Almeida, Dani Shirozono, Estefania Gavina, Guilherme Pilarski, Isabelle Ferrão, Marilde Stropp e Marcelo Moscheta, a exposição conta com 12 obras, criadas neste ano especialmente para a exposição, em diversos formatos, mídias e dimensões.

  • ONDE: Museu da Cidade de Campinas, à Avenida Andrade Neves, 33, Centro, Campinas-SP.
  • QUANDO: De 15/06 até 12/07, das 10h às 17h (de segunda à sexta) e das 10h às 13h (sábados).
  • QUANTO CUSTA: Atração cultural gratuita em SP!

Show de Humberto Gessinger em Sorocaba – 28/07: eventos culturais SP

Vídeo com “Infinita Highway”, do canal de Humberto Gessinger no YouTube

O compositor, cantor e multi-instrumentista Humberto Gessinger se apresenta em Sorocaba com o show “Ao vivo pra caramba”. Gessinger interpreta músicas do disco “A Revolta dos Dândis”, que fez 30 anos em 2017, além de composições de diversas fases de sua carreira, com destaque para as canções inéditas “Pra Caramba”, “Cadê?”, “Das Tripas Coração” e “Saudade Zero”.

  • ONDE: Ginásio do Sesc Sorocaba, à Rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade, Sorocaba-SP.
  • QUANDO: Dia 28, domingo, às 19h.
  • QUANTO CUSTA: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia) e R$ 9,00 (credencial plena do Sesc). Classificação etária: 12 anos.
  • MAIS INFORMAÇÕES: (15) 3332-9933.

Espetáculo de dança “Desastro” em Santos – 06/07

Dança no teatro do Sesc Santos: Agenda cultural SP Julho
“Desastro” recria a aventura de Major Tom

O espetáculo de dança “Desastro” brinca com o futuro que fazemos existir nas artimanhas da imaginação, capaz de transformar um quarto no universo sideral. Versões de uma mesma música de David Bowie, “Space Oddity”, inspiram o roteiro e dão o tom do espetáculo, que recria a aventura de Major Tom, da letra da canção, em uma viagem para explorar o desconhecido.

  • ONDE: Teatro do Sesc Santos. Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida, Santos- SP.
  • QUANDO: Dia 06/07, sábado, às 18h.
  • QUANTO CUSTA: R$ 17,00 / R$ 8,50 (meia)/ R$ 5,00 (credencial plena do Sesc). Livre.

Referências Agenda Cultural SP

A Agenda Cultural SP do Embarque40Mais é mensal, sai todo dia 1º. É editada pela jornalista Michele da Costa, com informações dos organizadores dos eventos.

Dicas por e-mail!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

E então, o que achou da nossa Agenda Cultural SP? Conte nos comentários! Sua opinião pode nos ajudar a melhorar. Se gostou, compartilhe com seus amigos e siga-nos por e-mail e nas redes sociais!

Festival de Inverno de Campos do Jordão: programação 2019

Em sua 50ª edição, o Festival de Inverno de Campos do Jordão 2019 vai integrar as músicas clássica e popular em programação recorde, com mais de 150 apresentações ao todo. A maioria com entrada gratuita! Veja os destaques da programação, com local, data e hora, e saiba como adquirir os ingressos.

A expectativa dos organizadores é que essa edição histórica do Festival de Inverno de Campos do Jordão também atinja recorde de público (150 mil pessoas) e se consolide como o maior evento de música clássica da América Latina. O Festival é realizado pela Fundação Osesp, nas cidades de Campos do Jordão-SP e São Paulo, neste ano entre 29 de Junho e 28 de Julho.

Aproximadamente 80% das apresentações do Festival serão gratuitas, entre as quais uma série de concertos da Orquestra Jazz Sinfônica (foto destacada) com grandes nomes da música popular. Entre eles estão: Mônica Salmaso e Nelson Ayres; Carlinhos Brown; Fafá de Belém; Spok; Toquinho; Lenine; e Diogo Nogueira, com a Sinfonieta da Jazz. A Jazz Sinfônica também fará uma apresentação com o compositor Francis Hime, que inclui as participações da harpista Liuba Klevtsova e da cantora Olivia Hime como solistas.

Grandes nomes da música erudita no 50º Festival

Neil Thomson é um dos convidados do Festival de Inverno de Campos do Jordão em 2019
Regente Neil Thomson é um dos artistas convidados da 50ª edição

O concerto de abertura do Festival, no dia 29 de Junho (20h30), será da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), sob a regência de Marin Alsop. O barítono brasileiro Paulo Szot, vencedor do Tony Award 2008 de melhor ator pelo musical “South Pacific”, será o solista. Szot está entre artistas convidados, ao lado dos pianistas Nelson Freire, Arnaldo Cohen e Jean-Louis Steuerman, e os regentes Alexander Liebreich, Giancarlo Guerrero e Neil Thomson.

Nelson Freire fará dois recitais, celebrando seus 70 anos de carreira. Arnaldo Cohen será o solista de dois concertos da Camerata do Festival; e Jean Louis-Steuerman, solista em dois concertos da Orquestra do Festival. Entre os destaques da música sinfônica está a Filarmônica de Goiás, que fará três concertos sob a regência de Neil Thomson e com o clarinetista britânico Michael Collins como solista.

A Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo se apresentará sob regência de Roberto Minczuk, com o oboísta Arcádio Minczuk como solista; a Orquestra Sinfônica do Paraná, sob a regência de Stefan Geiger, com a jovem violinista italiana Francesca Dego como solista; a Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, sob a regência de Cláudio Cruz, tendo como solista a pianista ucraniana Anna Fedorova; e a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, sob a regência de Victor Hugo Toro, tendo o violoncelista sérvio Viktor Uzur como solista.

O Festival de Inverno de Campos do Jordão contará, ainda, com um último evento, dia 4 de Agosto, às 17h, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo, com um programa popular-sinfônico da Orquestra Jazz Sinfônica e convidado.

Personagens históricos do Festival de Inverno de Campos do Jordão serão homenageados

Pianista Arnaldo Cohen será solista de dois concertos da Camerata do Festival
Arnaldo Cohen será solista de dois concertos da Camerata do Festival. Foto: Bella Cardim/ Divulgação

Outra característica muito bacana dessa edição é a homenagem a cinco personagens fundamentais para a história do Festival de Inverno de Campos do Jordão. São eles: maestro Eleazar de Carvalho, um dos criadores; maestro e pianista João Carlos Martins, que realizou as primeiras apresentações de música clássica na cidade, no Hotel Toriba; Roberto Minczuk, diretor artístico de 2004 a 2010; Fabio Mechetti, regente titular e diretor artístico da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que foi regente assistente de Eleazar de Carvalho; e o violonista Fabio Zanon, coordenador artístico-pedagógico do Festival desde 2013.

O “Festival de Inverno de Campos do Jordão Dr. Luís Arrobas Martins” foi criado em 1970, pelos maestros Eleazar de Carvalho, Camargo Guarnieri e Souza Lima. O evento foi inspirado no Festival de Tanglewood, EUA, e combina o trabalho pedagógico com uma programação de música de concerto, contribuindo para ampliar as oportunidades de acesso à música erudita.

Festival de Inverno movimenta turismo em Campos do Jordão

Turismo em Campos do Jordão é fortalecido com Festival de Inverno
Centro do Capivari, em Campos do Jordão. Foto: Ken Chu/ Expressão Studio

Além da difusão da música clássica, o Festival de Inverno de Campos do Jordão movimenta o turismo local e, consequentemente, contribui para a geração de renda. Nesta edição, um estudo de impacto econômico será realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O objetivo é medir a contribuição do evento para a geração de renda, emprego e desenvolvimento. Os resultados do estudo serão anunciados em Agosto.

Campos do Jordão-SP é um dos principais destinos de inverno do país e está a apenas 181 km da cidade de São Paulo. Fica na Serra da Mantiqueira, com clima ameno e paisagens que lhe fizeram conhecida como “a Suíça brasileira”. Durante o Festival, os visitantes também podem aproveitar para desfrutar de atrações características da cidade, como o Capivari, com restaurantes, bares e onde se vê maior influência da arquitetura europeia; teleférico; bondinho; Morro do Elefante; Palácio Boa Vista; Parque Amantikir Garden e o Horto Florestal.

Quer auxílio profissional para planejar sua viagem? Pode contar com os serviços da nossa Agência, a Embarque40Mais Viagens, que oferece uma consultoria personalizada. Desde a escolha do destino, passando pelas reservas de hospedagem, passagens aéreas e passeios, até a elaboração de um roteiro exclusivo! Contatos: [email protected] ou (19) 988.380.781(telefone e Whats App).

A seguir, os destaques da programação do 50º Festival de Inverno de Campos do Jordão:

Destaques da programação 2019 do Festival de Inverno de Campos do Jordão

PROGRAMAÇÃO NO AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO
(Av. Dr. Luis Arrobas Martins, s/n, Campos do Jordão)
DATA- HORA
Abertura do Festival pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Com Marin Alsop (regente) e Paulo Szot (barítono)29/06-20h30
Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, com Roberto Minczuk (regente) e Arcárdio Minczuk (oboé)30/06- 12h
Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, com Cláudio Cruz (regente) e Anna Fedorova (piano)30/06- 16h30
Orquestra Filarmônica de Goiás, com Neil Thomson (regente) e
Michael Collins (clarinete)
05/07- 20h30
Orquestra do Festival, com Alexander Liebreich (regente)06/07- 20h30
Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, com Victor Hugo Toro (regente) e Viktor Uzur (violoncelo)07/07- 16h30
Nelson Freire (piano)11/07- 20h30
Grupo de Música Antiga do Festival, com Ricardo Kanji (regente), Marília Vargas (soprano), Bruno Costa (contralto), Jabez Lima (tenor), Isaque Oliveira (baixo)14/07- 16h30
Camerata do Festival, com Lavard Skou Larsen e Arnaldo Cohen19/07- 20h30
Orquestra Jazz Sinfônica, com Francis Hime21/07- 16h30
Orquestra do Festival, com Giancarlo Guerrero27/07- 20h30

Apresentações no Palácio Boa Vista, Dr. Além, Sta Terezinha e Toriba

PROGRAMAÇÃO NO PALÁCIO BOA VISTA
(Av. Adhemar Pereira de Barros, 3001, Jardim Dirce, Campos do Jordão)
DATA- HORA
Big Band Jazz Sinfônica06/07- 11h
Late Night Concert06/07- 21h
Quarteto Carlos Gomes07/07- 11h
Camerata Fukuda07/07- 15h
Franz Halász27/07- 17h
Capela Ultramarina, com Regiane Martinez28/07- 11h
PROGRAMAÇÃO NO ESPAÇO CULTURAL DR. ALÉM
(Av. Dr. Januário Miraglia, 1582, Abernéssia, Campos do Jordão)
DATA- HORA
Elisa Fukuda (violino) e Vera Astrachan (piano)02/07- 18h30
Alunos da Academia da Osesp, com Asbjørn Nørgaard (viola)09/07- 18h30
Quarteto Osesp10/07- 18h30
Miguel Proença (piano)18/07- 18h30
Gabriella Pace (soprano) e Ricardo Ballestero (piano)23/07- 18h30
Escualo Ensemble25/07- 18h30
Camila titinger (soprano) e Fábio Zanon (violão)26/07- 18h30
PROGRAMAÇÃO NA IGREJA SANTA TEREZINHA
(Rua Tadeu Rangel Pestana, 662, Abernéssia, Campos do Jordão)
DATA- HORA
Coro Infantil da Osesp, com Teruo Yoshida e Ariã Ai Yamanaka12/07- 17h
Coro da Osesp, com Valentina Peleggi13/07- 17h
Coral Paulistano, com Naomi Munakata19/07- 17h
Coro Sinfônico de Goiânia, com Katarine Araújo e Fábio Leite26/07- 17h
PROGRAMAÇÃO NO HOTEL TORIBA
(Av. Ernesto Diederichsen, 2962, Vila Matilde, Campos do Jordão)
DATA- HORA
Claudio Goldman06/07- 19h
Eudóxia de Barros08/07- 19h
Guiomar Milan, Marco Bernardo e Antonio Luiz Barker13/07- 19h
Olga Kopylova20/07- 19h
Tiago Paganini e Roberto Capel27/07- 19h

Shows gratuitos do Festival na Praça do Capivari

PROGRAMAÇÃO NA PRAÇA DO CAPIVARI
(Rua Djalma Forjaz, Jardim Elizabete, Campos do Jordão)
DATA- HORA
Jazz Sinfônica, com Mônica Salmaso29/06- 16h30
Jazz Sinfônica, com Carlinhos Brown30/06- 11h30
Jazz Sinfônica, com Fafá de Belém06/07- 16h30
Jazz Sinfônica, com Toquinho13/07- 16h30
Jazz Sinfônica, com Lenine20/07- 16h30
Jazz Sinfônica, com Diogo Nogueira27/07- 16h30

Destaques da programação do Festival em São Paulo

PROGRAMAÇÃO NA SALA SÃO PAULO
(Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, São Paulo)
DATA- HORA
Filarmônica de Goiás, com Neil Thomson07/07- 11h
Orquestra do Festival, com Alexander Liebreich07/07- 18h
Grupo de Música Antiga do Festival, com Luís Otávio Santos12/07- 20h30
Camerata do Festival, com Lavard Skou Larsen e Arnaldo Cohen20/07- 16h30

Confira outros eventos culturais em São Paulo na nossa Agenda Cultural SP!

Como adquirir ingressos para o Festival de Inverno de Campos do Jordão 2019

Pianista Olga Kopylova se apresenta no Festival de Inverno
Pianista Olga Kopylova vai se apresentar no Hotel Toriba

A programação completa está disponível no site do Festival de Inverno de Campos do Jordão. Para assistir aos concertos gratuitos é necessário retirar os ingressos duas horas antes, na bilheteria do local, limitados a dois por pessoa e à disponibilidade de lugares.

Em Campos do Jordão, são gratuitos os concertos na Praça do Capivari, Igreja de Santa Terezinha, Palácio Boa Vista (Palco Externo e Capela) e no Espaço Cultural Dr. Além (Campos do Jordão). Em São Paulo, a entrada é gratuita para os concertos na Sala do Coro (Sala São Paulo).

Os ingressos para os concertos pagos podem ser adquiridos antecipadamente via internet e pelo telefone (11) 3777-9721 (de segunda a sexta, das 12h às 18h). Os valores para assistir aos concertos pagos no Auditório Claudio Santoro (1050 lugares) variam entre R$ 50 e R$ 100. Para os concertos pagos na Sala São Paulo (1484 lugares), os ingressos custam de R$ 30 a R$ 50 e estarão à venda na bilheteria do estacionamento duas horas e meia antes do início. Se tiver dúvidas, consulte no site do Festival onde e como adquirir seus ingressos conforme o local de cada apresentação.

  • Referências: Texto editado pela jornalista e autora do Embarque40Mais, Michele da Costa, com informações e fotos fornecidas pelas Secretarias de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e de Turismo.

Dicas por e-mail!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Com alta de até 9,2% em preços de passagens, governo veta bagagem grátis

Governo veta bagagem grátis de porão, que tinha sido aprovada pelo Congresso. Preços de passagens aéreas nacionais tiveram alta de até 9,2% no 1º trimestre.

Depois de intensa campanha da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), apresentando possíveis benefícios com a cobrança pela bagagem de porão em voos nacionais, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), vetou a decisão do Congresso Nacional que restabelece a gratuidade. O veto foi publicado no Diário Oficial da União do dia 17 de Junho de 2019, mas ainda pode ser derrubado pelo Congresso. Por enquanto, continua valendo a gratuidade apenas para bagagem de mão de até 10 kg, levada pelo passageiro na cabine.

O principal argumento dos deputados e senadores quando proibiram a cobrança da bagagem despachada, de até 23 kg em voos nacionais, era de que durante o período de desregulação os preços das passagens aéreas não caíram, como se esperava, e até aumentaram em alguns casos. Segundo dados divulgados pela ANAC, dias antes da publicação do veto, o preço médio da tarifa doméstica real (atualizada pela inflação) caiu 1,3% no primeiro trimestre deste ano (janeiro a março), se comparado ao mesmo período de 2019.

Preços Avianca e Latam em alta X Gol e Azul em Baixa| governo veta bagagem grátis

governo veta bagagem grátis despachada: Gol é uma das Cias que conseguiram reduzir preços
Tarifas da Gol caíram 3,9% entre janeiro e março de 2019. Foto: Divulgação Gol

Contudo, as variações dos preços praticados pelas principais empresas aéreas foram mais altas do que baixas. As maiores altas no período foram verificadas nas tarifas da Avianca (+9,2%), em processo de recuperação judicial, e da Latam (+3,8%). Gol e Azul registraram tarifas em queda de 3,9% e 1,8%, respectivamente.

O preço por Km percorrido aumentou em oito estados, com destaque para os voos com origem e destino no Rio de Janeiro (11,7%). A maior queda por Km foi no estado do Espírito Santo (18,6%). O valor médio das passagens aéreas nacionais foi de R$ 371,76 no primeiro trimestre contra R$ 376,50 no mesmo período de 2018.

O argumento da ANAC é que as elevações verificadas ocorreram devido ao encarecimento dos custos das Cias aéreas, com destaque para o combustível (querosene de aviação), com alta de 10,8%, e do câmbio do Dólar, que subiu 16,2% no período. Dados sobre os custos adicionais para quem precisou despachar bagagem no período não foram divulgados pela ANAC no material encaminhado à Imprensa.

Vigora abertura de mercado a capital estrangeiro, mas governo veta bagagem grátis

Os dados têm como base o Relatório de Tarifas Aéreas Domésticas do 1º Trimestre de 2019, disponível no site da ANAC. Os valores são informados à Agência pelas empresas e não incluem taxas de embarque e serviços opcionais. A emenda vetada pelo Governo foi incluída pelo Congresso à Medida Provisória que autoriza a participação de até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas com sede no Brasil, que foi sancionada.

“A decisão, tomada nesta segunda-feira (17/6) pelo presidente da República, estimula a concorrência e elimina barreiras para entrada de novas empresas aéreas no mercado nacional”, justifica a ANAC. A Agência menciona manifestações de apoio à desregulação da franquia de bagagem de diversas entidades empresariais do segmento. Para alguns deputados, o fim da gratuidade das bagagens penaliza o consumidor e a abertura do mercado brasileiro para o capital internacional não diminuirá o preço das passagens.

Referências:

Com informações da ANAC e do Portal da Câmara dos Deputados.

© 2019 Embarque40Mais

Theme by Anders NorénUp ↑

%d blogueiros gostam disto: