Bondinho-Pao-de-Acucar-1 Bondinho Pão de Açúcar no Rio, 1º das Américas, terá circuito histórico

Bondinho Pão de Açúcar no Rio, 1º das Américas, terá circuito histórico

O Bondinho Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, primeiro teleférico das Américas, terá um circuito histórico e cultural, que deverá ser inaugurado ainda neste ano. Por isso, foi assinado um acordo de cooperação técnica com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), nesta semana.

Assim, o novo trajeto incluirá os mirantes do Bondinho Pão de Açúcar, que receberão novos nomes e contextualizações históricas, culturais e ambientais. Mas também destacará o caráter de inovação do teleférico e, com isso, deverá tornar ainda mais rica a experiência dos visitantes.

A partir de agora serão feitos estudos para escolher os mirantes e as informações que farão farte do Circuito Histórico do Bondinho Pão de Açúcar no Rio. Dessa forma, a expectativa é que as instalações estejam concluídas no segundo semestre deste ano. Então, todos os visitantes poderão percorrer o circuito mediante a compra do bilhete do parque.

Além de um dos mais emblemáticos cartões postais do Brasil, o Bondinho é o segundo ponto turístico mais visitado do Rio de Janeiro. Isso porque mais de 46 milhões de pessoas já visitaram o parque desde sua fundação, em 1912. Assim, os responsáveis esperam que a novidade contribua para alavancar o turismo do país, gerando emprego e renda.

Bondinho Pão de Açúcar no Rio é o mais antigo em operação no mundo

Bondinho-Pao-de-Acucar-2 Bondinho Pão de Açúcar no Rio, 1º das Américas, terá circuito histórico
Bondinho Pão de Açúcar está a 396 m acima do nível do mar

O Bondinho Pão de Açúcar foi o primeiro teleférico das Américas, mas também o terceiro de todo o mundo. Até então, só existiam outros dois, na Espanha e na Suíça. Mas o teleférico carioca superou os europeus em tamanho e seu ponto mais alto fica a 396 metros acima do nível do mar. Também é o mais antigo em operação no mundo.

O principal responsável pela inovação foi o engenheiro Augusto Ferreira Ramos, que o idealizou. Então, o Iphan decretou o tombamento do Bondinho em 1973, devido à sua importância na paisagem cultural do Rio de Janeiro.

Mas foi em 2012 que a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) reconheceu o Complexo do Pão de Açúcar como Patrimônio Mundial. Além disso, o monumento também faz parte do sítio ‘Rio: Paisagens Cariocas entre a Montanha e o Mar’. A área é a primeira no mundo a ter sua paisagem urbana reconhecida pelo valor universal.

Medidas de prevenção à Covid no Bondinho

O Bondinho Pão de Açúcar no Rio informa que segue um rígido protocolo de segurança sanitária para prevenir a transmissão da Covid-19. Assim, todos devem usar máscara obrigatoriamente e só podem retirar no momento das refeições, com o devido distanciamento social.

Os visitantes têm a temperatura corporal aferida na entrada e em todo o parque há dispensadores de álcool em gel. Além disso, os bondes operam com capacidade reduzida e são sanitizados a cada viagem. Os espaços nas filas também foram demarcados para manter o distanciamento.

O Bondinho Pão de Açúcar fica na Avenida Pasteur, 520, Urca. Abre todos os dias, das 10h às 19h, com entrada até às 18h. Devido a possíveis restrições decorrentes da pandemia, antes de ir consulte sobre o funcionamento pelo e-mail [email protected]

Referências: Notícia editada pela jornalista Michele da Costa. Com informações e imagens fornecidas pela assessoria de imprensa do Bondinho Pão de Açúcar.

Michele da Costa

A jornalista Michele da Costa é autora e editora responsável pelo EMBARQUE40MAIS.COM. Do interior de São Paulo, adora conhecer lugares, culturas e contar boas histórias. Com mais de vinte anos de experiência, encontrou no Turismo uma nova fonte de conhecimento e inspiração.

Adoraríamos saber sua opinião!