Ecoturismo-no-Cerrado-IPAM De bike cientistas demonstram ecoturismo para preservação do Cerrado

De bike cientistas demonstram ecoturismo para preservação do Cerrado

Cientistas do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) pedalam 400 km em trilhas para demonstrar o potencial do ecoturismo para a preservação do Cerrado brasileiro. Por isso, destacam os recursos naturais que compõem a beleza única e importância fundamental do bioma para essa e as gerações futuras. É a segunda edição da expedição TransCerrado.

Dessa forma, a prevenção a incêndios para a conservação da fauna e da flora do Cerrado é tema central da expedição. “Uma das melhores maneiras da gente preservar e conhecer o Cerrado é estando na estrada, em uma bicicleta, pois assim você interage com as pessoas que vivem nesse bioma. São elas que podem ajudar a promover o desenvolvimento sustentável da região”, considera o cientista sênior e cofundador do IPAM, Paulo Moutinho.

Ele é um dos ciclistas que compõem a equipe da expedição, que aposta no ecoturismo para preservação do Cerrado. Além de Moutinho, fazem parte da equipe um engenheiro florestal do IPAM e um ciclista especialista em navegação. Então, a expedição científica de bike saiu de Brasília na quarta-feira, 29 de Setembro, em direção a Alto Paraíso de Goiás, no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. A chegada está prevista para 5 de Outubro.

Pesquisadores alertam para evitar queimadas no Cerrado

Segundo Moutinho, a expectativa com a expedição é reforçar a importância do Cerrado para os brasileiros e ao mesmo tempo alertar, por meio da ciência, para se evitar as queimadas. É possível acompanhar a expedição pelo Instagram @bike_transcerrado. Isso porque, diariamente os cicloturistas pesquisadores compartilham belas paisagens, animais e a vegetação do Cerrado. Além disso, eles contam histórias e experiências que vivenciam pelo caminho.

Mas a primeira edição da TransCerrado foi em 2019, quando mais de 700 quilômetros foram percorridos de bicicleta. O roteiro foi de Goiás Velho até o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Na pauta, a conservação e o desenvolvimento da agricultura sustentável no Cerrado.

Chapada dos Veadeiros é ícone do ecoturismo para preservação do Cerrado brasileiro

Chapada-dos-Veadeiros-1024x681 De bike cientistas demonstram ecoturismo para preservação do Cerrado
Beleza da Chapada dos Veadeiros atrai visitantes. Foto: Inaê Miranda via Pixbay

A biodiversidade é mesmo um dos principais atrativos para visitar a Chapada dos Veadeiros (GO), um dos ícones do Cerrado. Só que, para muitos, o lugar tem algo ainda mais especial, o que poderia estar relacionado ao fato de estar sobre uma grande placa de cristal de quartzo. Por tudo isso, além de muito bonita a Chapada é considerada um local inspirador.

Não à toa, já que paisagens, cachoeiras, trilhas de diferentes níveis de dificuldade, entre outras atividades ao ar livre podem ser experimentadas pelos turistas. Mas claro que sempre deve ser de forma consciente, respeitando o meio ambiente! Para quem ainda não sabe como fazer essa viagem, a dica é consultar a Embarque40Mais Viagens, nossa agência parceira.

Então, que tal começar vendo mais imagens e um roteiro de viagem para a Chapada dos Veadeiros?

Referências: Texto editado pela jornalista Michele da Costa, com informações da Assessoria de Imprensa do IPAM. Crédito foto expedição: Bibiana Garrido/IPAM.

Michele da Costa

A jornalista Michele da Costa é autora e editora responsável pelo EMBARQUE40MAIS.COM. Do interior de São Paulo, adora conhecer lugares, culturas e contar boas histórias. Com mais de vinte anos de experiência, encontrou no Turismo uma nova fonte de conhecimento e inspiração.

Adoraríamos saber sua opinião!