Ícone do site Embarque40Mais

De bike cientistas demonstram ecoturismo para preservação do Cerrado

Ecoturismo-no-Cerrado-IPAM De bike cientistas demonstram ecoturismo para preservação do Cerrado

Pesquisadores de partida para a expedição, na Floresta Nacional de Brasília

Cientistas do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) pedalam 400 km em trilhas para demonstrar o potencial do ecoturismo para a preservação do Cerrado brasileiro. Por isso, destacam os recursos naturais que compõem a beleza única e importância fundamental do bioma para essa e as gerações futuras. É a segunda edição da expedição TransCerrado.

Dessa forma, a prevenção a incêndios para a conservação da fauna e da flora do Cerrado é tema central da expedição. “Uma das melhores maneiras da gente preservar e conhecer o Cerrado é estando na estrada, em uma bicicleta, pois assim você interage com as pessoas que vivem nesse bioma. São elas que podem ajudar a promover o desenvolvimento sustentável da região”, considera o cientista sênior e cofundador do IPAM, Paulo Moutinho.

Ele é um dos ciclistas que compõem a equipe da expedição, que aposta no ecoturismo para preservação do Cerrado. Além de Moutinho, fazem parte da equipe um engenheiro florestal do IPAM e um ciclista especialista em navegação. Então, a expedição científica de bike saiu de Brasília na quarta-feira, 29 de Setembro, em direção a Alto Paraíso de Goiás, no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. A chegada está prevista para 5 de Outubro.

Pesquisadores alertam para evitar queimadas no Cerrado

Segundo Moutinho, a expectativa com a expedição é reforçar a importância do Cerrado para os brasileiros e ao mesmo tempo alertar, por meio da ciência, para se evitar as queimadas. É possível acompanhar a expedição pelo Instagram @bike_transcerrado. Isso porque, diariamente os cicloturistas pesquisadores compartilham belas paisagens, animais e a vegetação do Cerrado. Além disso, eles contam histórias e experiências que vivenciam pelo caminho.

Mas a primeira edição da TransCerrado foi em 2019, quando mais de 700 quilômetros foram percorridos de bicicleta. O roteiro foi de Goiás Velho até o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Na pauta, a conservação e o desenvolvimento da agricultura sustentável no Cerrado.

Chapada dos Veadeiros é ícone do ecoturismo para preservação do Cerrado brasileiro

Beleza da Chapada dos Veadeiros atrai visitantes. Foto: Inaê Miranda via Pixbay

A biodiversidade é mesmo um dos principais atrativos para visitar a Chapada dos Veadeiros (GO), um dos ícones do Cerrado. Só que, para muitos, o lugar tem algo ainda mais especial, o que poderia estar relacionado ao fato de estar sobre uma grande placa de cristal de quartzo. Por tudo isso, além de muito bonita a Chapada é considerada um local inspirador.

Não à toa, já que paisagens, cachoeiras, trilhas de diferentes níveis de dificuldade, entre outras atividades ao ar livre podem ser experimentadas pelos turistas. Mas claro que sempre deve ser de forma consciente, respeitando o meio ambiente! Para quem ainda não sabe como fazer essa viagem, a dica é consultar a Embarque40Mais Viagens, nossa agência parceira.

Então, que tal começar vendo mais imagens e um roteiro de viagem para a Chapada dos Veadeiros?

Referências: Texto editado pela jornalista Michele da Costa, com informações da Assessoria de Imprensa do IPAM. Crédito foto expedição: Bibiana Garrido/IPAM.

Sair da versão mobile