MASP-10 MASP visita gratuita: como e quando obter benefício

MASP visita gratuita: como e quando obter benefício

Saiba como e quando pode fazer uma visita gratuita ao MASP, o Museu de Arte de São Paulo, na capital. Com ingressos a R $45 por pessoa, vale muito a pena se planejar para ir em um dia de entrada gratuita para todos.

O MASP foi o primeiro museu moderno do país e hoje possui mais de onze mil obras. Entre outros atributos, o Museu paulista possui o acervo de arte europeia mais importante do Hemisfério Sul.

Mas, além da Europa sua coleção reúne obras originárias da África, Ásia e Américas. Entre elas há pinturas, esculturas, objetos, fotografias, vídeos e vestuário de várias épocas.

Assim, na mostra de longa duração “Acervo em Transformação”, que podemos ver no MASP em visita gratuita, há muitas obras de grandes artistas. Alguns destes artistas são Cézanne, Delacroix, Modigliani, Renoir, Picasso, Cândido Portinari e Tarsila do Amaral.

Visita gratuita ao MASP inclui exposições temporárias 

Degas-MASP MASP visita gratuita: como e quando obter benefício
“Bailarina de catorze anos”, Degas (1880). Crédito: Divulgação MASP

Além disso, podemos ver exposições temporárias, como a “Degas”, um conjunto completo de 76 obras de Edgar Degas (1834-1917). As obras são do acervo do MASP, mas não foram exibidas nos últimos 14 anos.

Entre estas obras do artista, destaca-se a Bailarina de catorze anos (1880), escultura em bronze. O  pintor, escultor e gravurista francês Edgar Degas (1834-1917) fez parte do movimento conhecido como Impressionismo.

Mas, além do conjunto de Degas, a exposição inclui fotografias em preto e branco das esculturas, feitas por Sofia Borges. Vale dizer ainda que a mostra “Degas” faz parte da programação de um ano dedicado a Histórias da Dança no MASP. Vai até 1 de Agosto de 2021 e para visitar não há cobrança de ingresso adicional.

Um pouco sobre a história do MASP

MASP-19-1024x768 MASP visita gratuita: como e quando obter benefício
O Vão Livre do MASP, em 1972, retratado por Agostinho Batista

A fundação do MASP foi em 1947, pelo jornalista e empresário Assis Chateaubriand (1892-1968), por isso o nome todo é Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. Então, ele convidou o italiano Pietro Maria Bardi (1900-1999) para dirigir o Museu e a arquiteta Lina Bo Bardi (1914-1992) para fazer o projeto arquitetônico e expográfico. 

Foi Pietro quem obteve as primeiras obras para o Museu, por meio de doações da sociedade local. Mas a primeira sede do MASP foi na rua 7 de Abril, centro da cidade, até ser transferido para o prédio na Avenida Paulista, em 1968. O projeto de Lina Bo Bardi, baseado no uso do vidro e do concreto, tornou-se marco da arquitetura do século 20.

No entanto, outra marca inovadora de Lina no MASP é observada na área interna, onde as obras de arte ficam em cavaletes de cristal. Distribuídas pela sala de forma não linear, as obras convidam o visitante a criar sua própria narrativa visual.

Em São Paulo, outro museu muito interessante que pode visitar é o Museu Afro Brasil, no Parque do Ibirapuera.

Quando ir ao MASP para visita gratuita

Vídeo mostra diversidade de obras no acervo do MASP. Crédito: Divulgação MASP

Atualmente, os ingressos para entrada no MASP custam R $45 para adultos, R $22 para estudantes e pessoas a partir de 60 anos. Menores de 11 anos de idade, Amigo MASP, pessoas com deficiências e um acompanhante têm entrada gratuita em qualquer dia da semana.

A entrada gratuita para menores de 11 anos deve ser solicitada na bilheteria do MASP, mediante a apresentação do documento de identidade. Ainda, quem tiver um cartão de crédito Amex pode comprar um ingresso e ganhar outro.

Mas, às terças-feiras e em toda primeira quarta-feira do mês qualquer pessoa pode visitar o MASP gratuitamente. A entrada gratuita às terças-feiras já é tradição, mas às primeiras quartas-feiras do mês é novidade. 

Essa nova gratuidade começou no dia 3 de Fevereiro e segue até Janeiro de 2022, patrocinada pela B3, a bolsa brasileira. Para a visita, inclusive a gratuita, é necessário fazer o agendamento online no site do MASP.

Dias e horários de funcionamento do MASP

Fachada-MASP_foto-Eduardo-Ortega1-1024x678 MASP visita gratuita: como e quando obter benefício
Fachada do MASP na Avenida Paulista. Foto: Eduardo Ortega/ Divulgação MASP

O MASP abre de terça-feira a domingo, inclusive feriados. As exceções são às segundas-feiras, nos dias 24 e 25 de Dezembro (Natal), 31 de Dezembro e 1º de Janeiro (Ano Novo). 

Os horários de funcionamento do MASP são das 10h às 18h às terças-feiras, sábados e domingos; e das 13h às 19h de quarta a sexta-feira. A entrada é permitida até meia hora antes do horário de fechamento, mas é aconselhável ir com pelo menos duas horas livres para a visita.

Contudo, devido a possíveis restrições impostas pela pandemia de Covid-19, antes de ir é importante checar dias e horários de funcionamento. O MASP informa que adotou todas as medidas necessárias para uma visita segura.

O MASP fica na Avenida Paulista, número 1578, cidade de São Paulo-SP, Brasil. Mais informações pelo telefone (+55 11) 3149-5959.

Referências:

Texto e fotos da jornalista Michele da Costa (exceto as identificadas nas legendas). Com informações da Assessoria de Imprensa do MASP e disponíveis no site oficial em 10/02/2021.

Michele da Costa

A jornalista Michele da Costa é autora e editora responsável pelo EMBARQUE40MAIS.COM. Do interior de São Paulo, adora conhecer lugares, culturas e contar boas histórias. Com mais de vinte anos de experiência como repórter e assessora de imprensa, encontrou no Turismo uma nova fonte de conhecimento e inspiração.

4 Comments

  1. Eu amo museu e já visitei o Masp 2 vezes! Não vejo a hora de voltar a Sampa para mais uma visita! Nada mal se for gratuita né? Adorei conhecer um pouco da história desse incrível museu!

    1. Nada mal mesmo, Elizabeth.. uma visita gratuita ao MASP é um presente e tanto! A gente se organizando, dá para planejar isso e aproveitar toda a arte e história desse super museu em Sampa. Bjs

  2. Que legal saber que a entrada é free nas quartas feira! Essa eu realmente não sabia. Me envergonho um pouco, pois vivi 40 anos em SP e nunca entrei no Masp, acredita? A gente vive essa realidade, passa quase todo dia em frente e não se programa pra entrar. Enfim. Abraços e adorei conhecer mais.

    1. Olha só, 40 anos na paulicéia desvairada e não entrou no MASP! Acontece.. Moro em Campinas a vida toda e também ainda não visitei alguns lugares turísticos importantes. Então, a visita gratuita ao MASP nas primeiras quartas do mês é novidade, mesmo, e tem prazo de validade. Aproveite, quando for possível! Abraço.

Adoraríamos saber sua opinião!