Site icon Embarque40Mais

Ministério do Turismo anuncia autorização de cruzeiros no Brasil

MSC-Preziosa-9 Ministério do Turismo anuncia autorização de cruzeiros no Brasil

Navio MSC Preziosa fará roteiros pelo Brasil

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, anunciou a autorização de cruzeiros no Brasil para a temporada 2021-2022. Segundo o Ministério, em breve a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai anunciar os protocolos de segurança contra a Covid-19 para os cruzeiros.

O Ministério do Turismo divulgou a informação e o governo publicou uma portaria com a autorização no sábado, 02 de Outubro. A Portaria Nº 657, que atualiza as medidas excepcionais e temporárias para a entrada no País, autoriza o transporte aquaviário de passageiros, brasileiros ou estrangeiros, exclusivamente nas águas jurisdicionais brasileiras, a partir de 1º de novembro de 2021.

Há meses o setor de cruzeiros marítimos esperava por essa confirmação da temporada (Novembro de 2021 a Abril de 2022), que vinha sendo discutida com o governo federal. Mas além do Turismo, a aprovação envolveu também os ministérios da Saúde, Justiça, Infraestrutura e Casa Civil.

Então, com a autorização de cruzeiros no Brasil, a expectativa agora é pelo detalhamento dos protocolos sanitários por parte Anvisa. Esses protocolos deverão incluir testes de Covid-19 antes do embarque em todos os hóspedes, além de triagem rigorosa.

Entre outras medidas para a volta dos cruzeiros no Brasil estão tripulantes vacinados, com três testes antes de entrar em serviço e quarentena; uso de máscaras; distanciamento; ocupação reduzida; ar fresco sem recirculação; desinfecção e higienização constantes.

Ao mesmo tempo, as excursões nos destinos visitados pelos navios também deverão seguir os protocolos das operadoras de cruzeiros e dos municípios. O objetivo é garantir o lazer com máxima segurança.

Autorização de cruzeiros no Brasil gera 35 mil empregos

Navio de cruzeiro MSC Splendida, que faria roteiros pela América do Sul

Por fim, os cruzeiros estarão de volta ao Brasil entre Novembro de 2021 e Abril de 2022. Em todo o mundo já são mais de 2 milhões de pessoas navegando em cruzeiros em aproximadamente cinquenta países.

A notícia da autorização de cruzeiros no Brasil é muito bem-vinda para os amantes desse tipo de viagem, mas também para o país como um todo. Isso porque a temporada no Brasil vai gerar aproximadamente 35 mil empregos e injetar R$ 2,5 bilhões na economia. Assim, o crescimento esperado é de 11% em relação à última temporada, entre 2019 e 2020.

O anúncio do ministro do Turismo ocorreu em Dubai (Emirados Árabes Unidos), onde participa da Expo Dubai, exposição universal sobre tecnologia. O presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Carlos Brito, também participa do evento. Ele destacou que o setor de cruzeiros é essencial para o desenvolvimento do turismo náutico e do turismo no Brasil como um todo.

Autorização limitada impede roteiros com destinos internacionais

Como a autorização do governo limita os cruzeiros às águas brasileiras, roteiros que partiriam do Brasil rumo ao Uruguai e Argentina tiveram que ser alterados pelas operadoras. Por isso, a MSC Cruzeiros informa que atualizou seus roteiros e substituiu esses destinos internacionais por brasileiros, como Balneário Camboriú, Porto Belo, Cabo Frio, Ilhabela, Salvador e Maceió.

Outra consequência da restrição é que os navios da operadora que cruzam o Atlântico para a temporada no Brasil, trazendo passageiros da Europa, virão vazios desta vez. Outro cruzeiro que partiria da Argentina rumo ao Brasil também não poderá ser realizado.

Mesmo assim, o Ministério do Turismo estima que a temporada de cruzeiros no Brasil 2021-2022 será a maior dos últimos quatro anos, pois contará com o total de 566 mil leitos. Isso significa um acréscimo de 35 mil leitos em relação à última temporada de 2019/2020.

Além disso, estão previstos 130 roteiros e 570 escalas em destinos nacionais, como Rio de Janeiro, Santos, Salvador, Balneário Camboriú, Búzios, Cabo Frio, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Itajaí, Maceió e Porto Belo.

Para quem aguardava a confirmação da temporada para reservar seu cruzeiro, chegou a hora, e é bom lembrar que é importante sempre consultar um agente de viagens autorizado. Mas se ainda não tem um profissional de sua confiança, pode contar com os serviços especializados da Embarque40Mais Viagens, sem custo adicional. E a agência adianta que há ótimas ofertas, mas são por tempo limitado!

Referências: Notícia editada pela jornalista Michele da Costa, com informações do Ministério do Turismo, disponíveis no site oficial em 04/10/2021. Fotos: Divulgação MSC Cruzeiros.

Sair da versão mobile