Embarque40Mais

Turismo nas Bahamas exige teste de covid a cada 96 horas

O que é preciso saber antes de viajar para turismo nas Bahamas? Exigências incluem testes de covid-19 antes do embarque, na chegada e a cada 96 horas de estadia. Não uso de máscara nos locais definidos pode gerar multa pesada e até prisão. Confira os detalhes!

Alta temporada à vista e a terceira fase de reabertura das Ilhas das Bahamas ao turismo também. Só que existem regras que devem ser seguidas à risca no planejamento da viagem. Afinal, tudo que se deseja é relaxar nas belíssimas praias de areia branca e mar azul turquesa desse grande arquipélago da América Central. 

A reabertura gradual das Bahamas ao turismo internacional começou em Julho, mas a exigência de 14 dias de isolamento desmotivou muita gente a seguir viagem. Mas isso só vale até o final de Outubro. 

A partir de 1º de Novembro os visitantes poderão circular livremente por todo o território. No entanto, nesta nova fase mais testes de covid devem ser feitos e pagos por quem vai fazer turismo nas Bahamas. 

Visitantes devem obter visto de saúde eletrônico

O primeiro teste, do tipo COVID-19 RT-PCR, deve ser feito 7 dias antes do embarque. Com o resultado negativo, o próximo passo é pedir o visto de saúde eletrônico, por meio de formulário online. A resposta leva até 72 horas.

Para obter o visto também é necessário pagar uma taxa, que inclui ao menos outro teste, do tipo rápido, realizado logo após o desembarque. Contudo, se a estadia for superior a 5 dias, o turista terá que fazer mais um teste rápido no 5º dia e outro a cada 96 horas a mais que ficar no país. 

O governo das Bahamas não definiu o valor da taxa a ser paga pelos testes até a data desta publicação. Crianças com até 10 anos de idade não precisam fazer os testes de covid.

Outros documentos necessários para turismo nas Bahamas

Belezas naturais são destaque nas Ilhas Bahamas (Freeport)

Além disso, para visitar as Bahamas é necessário apresentar o Certificado Internacional da Vacina contra Febre Amarela. Mas o viajante também precisa portar o passaporte, comprovantes de reservas de hospedagem e passagem de volta. O passaporte deve ter prazo de validade superior a 6 meses e uma folha em branco. 

O seguro viagem ou seguro saúde não é exigido para turismo nas Bahamas, mas é altamente recomendável. É que os custos dos serviços médicos no país são extremamente elevados, informa o Itamaraty.

Falando em seguro viagem, a boa nova é que já existem planos que incluem coberturas no caso do viajante adoecer por covid-19. Mas é fundamental consultar um agente de viagens para a escolha do seguro mais adequado às suas necessidades e você não paga nada a mais por isso!

Assim, se ainda não tem um profissional de sua confiança, pode contar com os serviços da Embarque40Mais Viagens, agência do blog.

Não uso de máscara gera multa ou prisão nas Bahamas

Uso de máscara é obrigatório em locais públicos das Bahamas

O uso de máscara cobrindo boca e nariz é obrigatório em locais de grande trânsito de pessoas nas Bahamas, como aeroportos, aviões, lojas, restaurantes e transporte público (inclusive táxis). Contudo, para tomar Sol nas praias o uso da máscara não é obrigatório, somente durante o percurso de chegada, saída e caminhadas.

As informações são de Juanita Arizo, representante do Ministério do Turismo das Bahamas no Brasil. Ela falou sobre a reabertura em live, no dia 15 de Outubro, com a participação de parceiros do trade. Quem não utilizar a máscara adequadamente nos locais exigidos estará sujeito à multa de 200 Dólares ou prisão por 30 dias ou, ainda, as duas coisas.

O que mudou nos hotéis para turismo nas Bahamas?

Atividades aquáticas estão disponíveis para turistas na retomada

Em hotéis e resorts, as regras para uso de máscara e distanciamento social variam um pouco. Mas, em geral, a máscara deve ser usada em locais fechados de maior circulação, como saguão, elevadores e restaurantes (exceto quando sentados à mesa durante as refeições).

Os hotéis praticamente aboliram o “buffet self service”. Eles servem as refeições nas mesas, em diferentes turnos, ou nos quartos.

A redução da taxa de ocupação máxima também é observada em muitos hotéis, podendo chegar a 50%, como é o caso do RIU. Já o transporte turístico, utilizado para passeios e traslados de hóspedes, deve ter ocupação máxima de 60%, informa Tino Varela, da DMC Nexus Tours.

Ainda há alguns hotéis que apostam na possibilidade de alteração do período da reserva sem multa, para deixar os hóspedes mais tranquilos. O Atlantis Paradise, por exemplo, oferece prazo de dezoito meses para remarcação gratuita. 

Dessa forma, as atrações tradicionais nas ilhas, como passeios de barco e mergulho, também voltam a funcionar normalmente, com os devidos cuidados.

De maneira geral, comerciantes e prestadores de serviços turísticos das Bahamas adotaram novos protocolos de segurança e limpeza conforme orientações das autoridades competentes.

Como chegar às Ilhas das Bahamas:

Ilhas das Bahamas: voos com conexão no Panamá e Cuba são alternativa aos EUA

As Bahamas são um país composto por 700 ilhas e 2 mil ilhotas no Oceano Atlântico Norte, América Central. Estão a apenas 88 km da costa da Flórida (EUA), por isso o acesso por meio de conexão em Miami é um dos mais usuais. 

As principais companhias aéreas que fazem essa rota com conexão nos EUA são American Airlines, Bahamas Air, Delta Airlines, Jet Blue e United Airlines. No entanto, ainda não há previsão de reabertura das fronteiras norte americanas para brasileiros, por conta da pandemia. Sem contar que uma simples mudança de aeronave nos EUA exige visto prévio e pago.

Mas existem outras opções de voos com conexão no Panamá ou em Cuba, viajando com a Copa Airlines. Visto prévio e documentos relacionados à saúde do passageiro não são necessários nos dois países desde que ele permaneça na área de trânsito (aeroporto). No caso de Havana (Cuba), esse período entre troca de aeronaves não deve ultrapassar 12 horas.

Como as condições de segurança são uma preocupação recorrente nesses tempos de pandemia, você também pode gostar de ler sobre o que mudou nas viagens de avião.

Mais informações para turismo nas Bahamas

Patrimônio histórico e cultural a ser descoberto por turistas nas Ilhas Bahamas

As Bahamas são muito conhecidas por suas águas transparentes e belíssimas praias. Mas suas ilhas também oferecem aos turistas atividades de pesca, passeios de barco, mergulho, roteiros de jipe, moto, bicicleta e a pé. 

Além disso, a história e a cultura locais são um patrimônio a ser descoberto. A Ilha de San Salvador, por exemplo, é o primeiro local onde aportou a expedição de Cristóvão Colombo, em 1492, na chamada “descoberta das Américas”.

Outro atrativo interessante é um memorial, na Ilha Bimini, em homenagem a Martin Luther King, líder do movimento pelo fim da segregação racial na África do Sul.

A homenagem advém de uma visita de King às Bahamas, em 1968, que provocou grande impacto na população local, de maioria afrodescendente.

O idioma oficial das Bahamas é o Inglês, decorrente da colonização britânica. A independência foi conquistada em 1973. Entre suas principais ilhas estão Nassau (capital), Paradise Island, Andros, Exumas e Freeport. A moeda local é o Dólar Bahamense, equiparado em 1 para 1 com o Dólar Americano. 

O clima predominante nas Bahamas é o tropical, com temperaturas variando de 20º, no inverno, a 35º no Verão. A alta temporada turística é de Dezembro a Abril e a baixa de Junho a Novembro, mas é importante escolher um período com menor probabilidade de tempestades e furacões.

E então, essa notícia foi útil para você? Conte nos comentários e lembre-se que pode utilizar os serviços da Embarque40Mais Viagens para organizar o roteiro da sua viagem às Bahamas!

Referências:

Sair da versão mobile