Adote um Renoir do MASP! Doações até 27 de Dezembro

Além de contribuir com uma grande causa, valores podem ser recuperados com declaração de IR. Veja obras do MASP restauradas com campanha e saiba como doar!

O quadro “Rosa e azul – As meninas Cahen d’Anvers”, pintado em 1881 por Pierre-Auguste Renoir, uma das mais icônicas do acervo do MASP, foi indicada para restauração com a campanha “Adote uma Obra” de 2019. O projeto, existente desde 2017, viabiliza a arrecadação de recursos por meio de doações de imposto de renda para a preservação do acervo do museu. 

Quer auxílio profissional para planejar sua próxima viagem? Conte com os serviços da agência do blog, a Embarque40Mais Viagens! Hospedagem, aéreo, passeios, pacotes, grupos, cruzeiros, intercâmbio, seguro e tudo mais que precisar. Peça um orçamento sem compromisso! ☎️(19) 988.380.781 📱Whats 📧[email protected]

Sofia Hennen, responsável pelo núcleo de conservação e restauro do MASP, explica: “O quadro de Renoir foi escolhido por apresentar algumas zonas de pintura frágeis, além de alguns problemas estéticos, tais como irregularidades no verniz”. 

O primeiro passo é fazer um estudo aprofundado da técnica e do estado da obra para que depois seja escolhido o tratamento adequado. Um especialista em pintura francesa do século 19, ainda em definição, ficará responsável pelo processo. A primeira edição da ação, há dois anos, custeou o restauro de “O Escolar”, de Van Gogh, feito no Museu Van Gogh, em Amsterdã.

Obras de Portinari já foram restauradas

Doações de 2018 permitiram restauro de “Retirantes” (1944) e outras duas obras de Portinari. Foto: João Musa

Em 2018, a obra do MASP adotada foi “Retirantes”, de Candido Portinari. A pintura do modernista brasileiro passa pela última etapa de tratamento e deve retornar ao acervo ainda neste ano. 

Além de “Retirantes”, a equipe de conservação e restauro do MASP estudou e tratou duas outras obras de Portinari: “Criança morta” e “Enterro na rede”, também de 1944. O trabalho em conjunto nas três telas permitiu ganhos e sinergias, já que as obras têm diversos pontos de contato e parecem ter sido criadas como uma série. 

Em Abril, os três quadros foram submetidos a diferentes exames científicos, realizados por uma equipe do Instituto de Física da USP (IFUSP). Em seguida, as obras receberam diagnóstico e prescrição por uma equipe formada por restauradores do MASP e externos, do ateliê De Vera Artes, escolhidos pela experiência com obras de Portinari. 

As três obras, que tinham passado por intervenções e restauros ao longo dos anos, apresentavam bom estado de conservação, mas mostravam problemas pontuais como falta de tensão nas telas, craquelês (fissuras), pequenas perdas na camada pictórica e irregularidade no verniz. O tratamento incluiu limpeza, reintegração cromática e aplicação de verniz, entre outros. 

Como adotar uma obra do MASP:

pintura de menino com chapéu e blusa azul
“O escolar”, de Van Gogh (1888), foi primeira obra restaurada pela campanha. Foto: MASP

É muito simples doar! Acesse o site do MASP, clique no botão “Quero doar” e preencha o cadastro com seus dados e o valor da doação. Na sequência, o museu enviará uma mensagem ao seu e-mail com os dados bancários. Após identificado o pagamento, receberá o recibo de mecenato, que deverá ser anexado à declaração do imposto de renda.

O valor mínimo da doação é de R$ 300. Caso o contribuinte tenha imposto a ser restituído, a doação aumenta o valor da restituição. Pessoas jurídicas também podem adotar uma obra do MASP, como garante a Lei Federal de Incentivo à Cultura, porém com alíquotas de dedução diferenciadas. 

Qualquer pessoa pode doar, desde que seja optante pela declaração “modelo completo” e não ultrapasse o limite global de 6% do IR devido. No mesmo link de doação o interessado também encontra respostas para as dúvidas mais frequentes. A data limite para doação é 27 de Dezembro de 2019. 

Sobre o MASP

O MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand) fica na Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP. Telefone: (11) 3149-5959. Funcionamento: de quarta-feira a domingo, das 10h às 18h (bilheteria aberta até as 17h30); Terça Grátis Qualicorp das 10h às 20h (bilheteria até 19h30). Ingressos: R$ 40 (entrada); R$ 20 (meia-entrada).

  • Com informações e fotos fornecidas pela Assessoria de Imprensa do MASP.

Cinco lindos destinos para curtir o Verão além do Nordeste

Desde Setembro acompanhamos tristes notícias sobre o óleo que atingiu praias do nordeste brasileiro, o que além do grande prejuízo ambiental tende a afugentar turistas. O pior é que acontece justamente no período em que são planejadas as viagens de final de ano e das férias de Verão.

É importante dizer que nem todas as praias da região foram atingidas e, para o bem na nossa Natureza e do turismo nordestino, esperamos que isso seja resolvido logo. Até lá, para quem prefere a garantia de viajar para um lugar sem esse problema ou quer variar de paisagem, preparei algumas sugestões no Sul e Centro-Oeste do Brasil.

Ilha do Mel- Paraná

Praia na Ilha do Mel
Vegetação e praia na Ilha do Mel

A Ilha do Mel, na baía de Paranaguá, estado do Paraná, é um destino perfeito para amantes do ecoturismo. A maior parte da ilha, composta por sistemas de restinga e Floresta Atlântica, é protegida e destinada exclusivamente à preservação integral da flora e da fauna. Por isso, o turismo é uma atividade controlada: há limites na quantidade de visitantes que podem entrar na ilha.

Então é fundamental reservar sua estadia com antecedência! Consulte a Embarque40Mais Viagens, a agência do blog, para te ajudar e encontrar as melhores opções de hospedagem, passagens aéreas até Curitiba e tudo mais que precisar para visitar a Ilha!

A circulação de veículos motorizados e de tração animal não é permitida. Uma alternativa, além da caminhada, é a bicicleta, que pode ser alugada na ilha. Do total de 2,7 mil hectares, apenas 120 são ocupados, mas na Reserva Natural (345 hectares) é permitido percorrer trilhas. Os principais pontos turísticos da ilha são: a Fortaleza (norte), Nova Brasília e Farol das Conchas (centro) e Encantadas (sul).

Como chegar à Ilha do Mel

Para chegar à Ilha do Mel, o meio mais em conta é tomar o ônibus que sai da Rodoviária de Curitiba com destino ao Porto de Pontal do Sul e de lá fazer a travessia de barco. Esse trajeto todo (ônibus + barco) leva menos de 3 horas ao custo total de R$ 119 por pessoa, ida e volta. Essa linha de ônibus tem seis saídas diárias, sendo a primeira às 7h40 e a última às 20h40.

Os barcos saem a cada uma hora ou 30 minutos, das 8h às 17h30, 18h ou 19h, conforme o dia da semana. Para mais informações, consulte a Viação Graciosa (ônibus) e a Abaline (Associação de Barqueiros do Litoral Norte do Paraná).

Balneário Camboriú- Santa Catarina

Camboriú
Praia no Balneário Camboriú SC

Quando se fala de turismo em Camboriú a primeira coisa que nos vem à mente são imagens de belas praias do litoral catarinense, não é? Mas a exploração das suas praias como lazer só começou na primeira metade do século passado, com alemães vindos do Vale do Itajaí. Até então, o banho de mar na região era conhecido apenas como tratamento medicinal; os colonos achavam que “mandar alguém para a praia” era uma ofensa. A origem do nome da cidade vem do Tupi. “Camburihu” quer dizer rio de muito robalo, peixe muito comum na região.

Há décadas, graças principalmente às suas praias, que Camboriú é um dos principais destinos turísticos do sul do país. Entre as dez praias e uma ilha (das Cobras) há opções para todos os estilos: da concorrida Laranjeiras à tranquila Taquaras, passando pela Praia do Pinho para os adeptos do nudismo ou naturismo. Mas há várias outras atrações, como museus, teatro, mirante, teleférico, centros de compras, parques e uma grande variedade de bares e restaurantes com o melhor da culinária e música locais.

Florianópolis- Santa Catarina

Praia de Florianópolis
Praia de Florianópolis. Crédito: Silveira Jhonatas

As belezas naturais, que encantam turistas de todo o Brasil e de outros países, tornaram Florianópolis conhecida como “Ilha da Magia”, informa o Turismo do estado de Santa Catarina, mas aqui em São Paulo pelo menos a gente a chama mesmo de Floripa. São aproximadamente cem praias entre a ilha e o continente, um verdadeiro paraíso para o praticantes de esportes náuticos e de aventura, trilheiros e apreciadores do ecoturismo.

Um destaque é a Ilha do Campeche, que além da beleza das suas águas claras, abriga um sítio arqueológico com inscrições rupestres de 5 mil anos. Os barcos que levam à ilha partem das praias da Armação. E há várias outras atrações na capital catarinense, como a gastronomia (destaque para as ostras), a Lagoa da Conceição, o Centro Histórico, os bairros açorianos, a Ponte Hercílio Luz, igrejas e museus, a exemplo do Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC).

Ponte Florianópolis
Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis. Crédito: Ricardo Neves

Arte e Cultura catarinense

O MHSC realiza exposições e eventos culturais, mas o maior atrativo mesmo é o prédio, denominado Palácio Cruz e Souza em homenagem ao poeta catarinense, que foi construído no século 17 para ser a “Casa de Governo”. A arquitetura preservada, as esculturas do artista italiano Gabriel Silva e o jardim compõem o belo cenário externo. No interior vê-se escadas em mármore, vitrais e mobiliário antigo. Fica na Praça XV de Novembro, 227, Centro da cidade. 

Floripa e Camboriú são destinos bem frequentados, mas como a estrutura receptiva é muito boa não faltam opções de hospedagem e outros serviços mesmo em alta temporada. Contudo, como a gente sempre orienta por aqui, o ideal é organizar a viagem com antecedência, para ter mais opções de escolha e conseguir melhores preços.

Consulte um profissional da Embarque40Mais Viagens, a agência do blog, que vai dar todo o suporte necessário para que você tenha uma ótima viagem sem cobrar nem um centavo a mais por isso!

Gramado e Canela- Rio Grande do Sul

Parque Estadual do Caracol,
Parque Estadual do Caracol, em Canela (RS)

Gramado e Canela são pequenas cidades vizinhas na Serra Gaúcha, onde predomina a cultura alemã. Alguns períodos do ano são mais atrativos para o turismo, como o Inverno (que às vezes tem neve de verdade), a Primavera, quando as hortênsias tornam a paisagem de Gramado ainda mais bonita, e o final de ano, quando acontece o Natal Luz, com decoração especial e shows de luzes. Tem também o Festival de Cinema de Gramado, em Agosto, que premia produções nacionais e internacionais. 

Mas em qualquer tempo as cidades são um charme e têm muitos atrativos naturais e culturais, como o Lago do Cisne com seus pedalinhos, o mirante de Belvedere- Vale do Quilombo com a vista das montanhas do alto dos seus 850 metros, o Mini-Mundo (uma exposição de miniaturas muito realista), o Museu de Cera, a Rua Coberta (gastronomia e compras), a Aldeia do Papai Noel, o passeio de Maria Fumaça, a Snowland, as igrejas, a exemplo da Catedral de Pedra de Canela, entre outros. 

Parque do Caracol

Cachoeira do Caracol
Cachoeira do Caracol, em Canela

Em minha opinião, o grande destaque da região é o Parque Estadual do Caracol, em Canela, onde está uma enorme e linda cachoeira, que pode ser vista de um mirante, dos bondinhos aéreos ou da Escada da Perna Bamba. Essa escada tem nada menos que 730 degraus (equivalente a um prédio de 44 andares!), por isso é indicada apenas para pessoas com bom condicionamento físico, já que a subida de volta não é fácil. O curioso é que fiquei com a perna bamba foi na descida, mas na volta tive que fazer umas três paradas para descansar um pouco. 

Outro local que gostei muito foi o GramadoZoo, que traz um conceito diferenciado de zoológico. Em vez de observar os outros animais presos em jaulas, visitantes humanos percorrem corredores cercados e veem as espécies com certa liberdade, em enormes viveiros que reproduzem seus habitats naturais. Além disso, a vista da serra a partir de pontos mais elevados do percurso é espetacular! O Parque fica na Rodovia RS 466, Km 0, s/nº, Caracol, em Canela.

Como chegar a Gramado

Arara com vegetação ao fundo
Arara e serra vista do GramadoZoo. Crédito: Augusto da Costa

Para chegar à Gramado e Canela a partir do Aeroporto de Porto Alegre (trajeto de aproximadamente 1h45) é possível contratar um traslado in-out (de chegada e saída), com vans ou micro ônibus que levam até o hotel, ou alugar um carro para o período da estadia, que pode ser retirado e entregue no aeroporto. A infraestrutura turística dessas cidades é ótima, com bons serviços de passeios e transportes locais, placas de orientação, ampla rede hoteleira e gastronômica.

Alguns pacotes turísticos incluem o traslado ou a locação do carro e passeios, mas também é possível montar um sob medida para seu roteiro. Consulte a Embarque40Mais Viagens, a agência do blog, compre seu pacote e ganhe um roteiro exclusivo! 

Bonito- Mato Grosso do Sul

Gruta em Bonito- MS
Gruta Azul, em Bonito (MS). Crédito: Secretaria de Cultura de Bonito

Sabia que Bonito, no Mato Grosso do Sul, aquele lugar com rios de águas transparentes, cachoeiras e grutas para mergulhar entre lindos peixinhos coloridos, é um polo mundial de ecoturismo? Pois é.. E não é para menos. A Gruta do Lago Azul, assim chamada porque é como vemos a coloração das suas águas, é a mais famosa, já intitulada Monumento Natural, mas há muito mais.

Outros exemplos são as Grutas de São Miguel, com ótima estrutura para visitação, e a Gruta de São Mateus, com verdadeiras obras de arte da Natureza esculpidas em seu interior. As cachoeiras também são um grande destaque, como as do Balneário do Sol e a Boca da Onça, com seus 156 metros de altura. Tem ainda as cachoeiras do Rio do Peixe (águas transparentes) e as da Serra da Bodoquena (águas limpas em tons de verde). 

Mergulho em Bonito

Mergulho em Bonito
Mergulho em Bonito. Crédito: BrunoPds

Com tantas opções de águas límpidas, o mergulho é um dos principais atrativos para os turistas que visitam Bonito, em locais como o Lago da Capela- Nascente Azul (nível iniciante), o Rio Formoso e o Abismo Anhumas, cujo acesso é por meio de uma pequena fissura no solo, já pensou?! Para relaxar, a Praia da Figueira é uma ótima opção, com quiosques e restaurante. O local foi uma área de extração de calcário, que deu origem a uma lagoa de água corrente e praia de areia branca. 

E para os adeptos de esportes de natureza e aventura há uma série de atividades, como arvorismo, bóia cross, passeios de bote, Stand Up Paddle Surf, quadriciclo, rapel, trilhas a pé ou de bike e cavalgada. A boa notícia é que Bonito conta com uma boa estrutura para receber turistas, como hotéis, restaurantes e variados serviços. Como é um destino bastante procurado, o ideal é organizar sua viagem com antecedência. 

Fale com a Embarque40Mais Viagens, a agência do blog, que vai te ajudar a encontrar os melhores serviços para sua estadia nesse paraíso do Ecoturismo no coração do Brasil!

Sobre a Embarque40Mais Viagens

A Embarque40Mais Viagens é a agência do blog Embarque40Mais, que oferece todos os serviços de viagem com atendimento diferenciado. Como agência home office multimarcas, busca entre vários fornecedores de referência o melhor custo-benefício para sua viagem. Conheça! Consulte, sem compromisso: (19) 3217-9773/ (19) 988.380.781 (whats) e [email protected] .

Belo Horizonte ganha letreiro gigante do orgulho mineiro

Letreiro gigante em frente ao estádio do Mineirão "I amineiro"
“I amineiro” foi inspirado no monumento de Amsterdã. Foto: Mineirão/ Agência i7

O aniversário é do Mineirão, mas o presente é de todos os mineiros e simpatizantes desse povo que esbanja graça e generosidade! No mês em que completa 54 anos, o Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG), recebe na Esplanada um letreiro gigante com a frase “I AMINEIRO”. O letreiro é inspirado no famoso monumento de Amsterdã (Países Baixos) e, assim como o primo holandês, certamente será um novo ponto turístico e cenário para belas fotografias. 

A estrutura de 2,26 metros de altura e 13m de comprimento, inaugurada na quinta-feira, 19/09, é resultado de parceria entre o estádio e a loja do Museu Brasileiro do Futebol, da marca “I amineiro”. O objetivo é ressaltar o orgulho de ser do estado de Minas Gerais. O letreiro, produzido em aço carbono e pesando mais de uma tonelada, ficará na Esplanada Sul por tempo indeterminado.


Se estiver planejando visitar Belo Horizonte ou outras cidades das Gerais, fale com nossa agência, a Embarque40Mais Viagens, que encontrará ótimas opções de serviços para você!

Tem até um pacote prontinho que está uma delícia! Inclui BH, Ouro Preto, Mariana e Inhotim.. Confira!


Letreiro é nova atração turística

Para a gerente de comunicação do Estádio Mineirão, Ludmila Ximenes, a atração é um presente para a população que frequenta o Gigante da Pampulha. “A Esplanada já está consolidada como um dos melhores espaços para o lazer, a prática de esportes e realização de eventos na cidade. O letreiro será mais uma grande atração para o belo-horizontino e o turista que frequenta o local”, comentou Ximenes.

O sócio da marca “I amineiro” Paulo Bastone, responsável pela instalação do letreiro na Esplanada, explicou a proposta do novo monumento. “O letreiro é um presente para o Mineirão e para todos os mineiros. A marca surgiu do orgulho de carregar as nossas origens por todo o mundo (…). Então tivemos a ideia de criar um ponto na cidade para que as pessoas pudessem registrar isso”, contou.

O primeiro evento que contará com a presença do letreiro no Mineirão é o jogo do Campeonato Brasileiro entre Cruzeiro e Flamengo no sábado, 21. A partir das 14h, o torcedor cruzeirense que acompanhará o confronto já é aguardado para registrar sua presença na Esplanada ao lado do novo marco. Já o público atleticano terá a oportunidade de fotografar a novidade no próximo dia 26, dia da semifinal da Sul-Americana.

Sobre a Esplanada do Mineirão

Com 80 mil m² construídos, a Esplanada do Mineirão é considerada um dos melhores locais para a prática de esportes como skate, patins, corridas e caminhadas em Belo Horizonte. O local é ideal também para a realização de shows e espetáculos. A Esplanada ainda conta com uma bela vista privilegiada para a Lagoa da Pampulha. O acesso do público é feito pelas entradas norte e sul, por meio de escadarias e rampa suaves.

O local funciona diariamente, das 7h às 22h, podendo ter o horário alterado devido a jogos e eventos no estádio e possui dois acessos. A entrada da Esplanada Sul é pela Avenida Coronel Oscar Paschoal, próxima à Avenida Catalão. A entrada da Esplanada Norte é pela Avenida Antônio Abrahão Caram.

  • Com informações da Assessoria de Imprensa do Mineirão. Foto: Mineirão/ Agência i7.

© 2019 Embarque40Mais

Theme by Anders NorénUp ↑

%d blogueiros gostam disto: